Divinópolis: População às margens de rios e córregos deve deixar suas casas imediatamente

Prefeito de Itapecerica comunicou, em telefonema a Gleidson, que dois rios já transbordaram na cidade.

Em vídeo publicado na tarde deste sábado, 8, o prefeito Gleidson Azevedo (PSC), a vice, Janete Aparecida (PSC) fazem um alerta: moradores de áreas de risco, como na beira de rios e córregos, devem deixar suas casas imediatamente e procurar casa de amigos, parentes ou acionar a Prefeitura para ser acolhida em um abrigo.

Um dos motivos do alerta é a situação na cidade de Itapecerica.

— A Prefeitura acabou de receber um telefonema do prefeito Têko, dizendo que, em Itapecerica, dois rios já transbordaram — relatou.

O secretário de Operações e Serviços Urbanos e Agronegócio, Gustavo Mendes, comentou a situação.

— Falta só um rio para o transbordamento. Temos previsão de inundação. As pessoas nas margens ribeirinhas precisam ter muita cautela e observar o rio — informou.

Segundo a vice-prefeita e secretária de Governo (Segov), Janete Aparecida, não é o momento de esperar o pior acontecer.

— Ontem, demorou apenas cinco minutos para entrar água na casa das pessoas que moram próximas aos córregos. Não fiquem esperando para última hora. A previsão é de chuva e o risco é muito grande na parte da tarde. Saiam imediatamente — alertou.

O secretário de Trânsito, Transporte e Segurança Pública (Settrans), pasta associada à Defesa Civil, disse que o rio Itapecerica está com sua capacidade máxima.

— Pedimos a toda população de Divinópolis que fiquem atentos. Nós já estamos no alerta laranja. O rio [Itapecerica] já está em sua máxima, acima de 1,20 metro e está transbordando. Quem mora próximo às áreas alagadas deve ir para a casa de parentes, retirando seus documentos, remédios e móveis — orientou.

 

Comentários
×