Divinópolis: Morre o radialista Gênico Penha Laine

Radialista passou mais de 20 dias internados após cair e bater a cabeça no chão

Da Redação

No inicio do mês, mais precisamente no dia 3, o radialista Gênico Penha Laine estava na casa de seu filho, Marcio Laine, quando foi ao banheiro lavar as mãos para almoçar, e caiu batendo a cabeça no chão. Socorrido de imediato por uma equipe do Samu, foi levado para o CTI do Hospital São João de Deus em estado gravíssimo, com traumatismo craniano, entubado e sedado.

E depois de passar mais de 20 dias internados, com alguns boletins médicos apresentando melhoras no início, mas posteriormente afirmando que ele estava em coma, Gênico Penha Laine, aos 88 anos, morreu na noite de ontem, dia 26. 

Trajetória

O locutor Gênico Penha Laine, por décadas apresentou, o Gênico Cidade e Sertão e prestava um importante serviço a sociedade divinopolitana e da região ao anunciar os velórios e sepultamentos. Ao longo dos seus 66 anos de profissão, Gênico passou pelas rádios Cultura AM – hoje Minas FM, e Divinópolis, onde fez seu último programa em 1° de outubro de 2021. Além do rádio, ele já havia trabalhado na Rede Ferroviária Federal Sociedade Anônima (RFFSA). Foram 32 anos trabalhando como ferroviário.

Velório e sepultamento

Está sendo velado na Igreja Nossa Senhora Aparecida, de onde sai para sepultamento as 16h, para o cemitério do Centro.

Comentários
×