Divinópolis: Microrregião à beira da onda amarela no Minas Consciente

Dados voltaram a piorar com avanço da ômicron e aumento de casos

Após pouco mais de cinco meses na onda verde (a mais flexível) do Minas Consciente, Divinópolis volta a ter que se preocupar com a possibilidade de regressão para a onda amarela. A Prefeitura divulgou, nesta sexta-feira, 14, após reunião do Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19, que a pontuação da macrorregião Oeste subiu de 0 para 8 pontos, enquanto, na micro, a situação piorou de 4 para 11. 

— Os números da covid-19 voltaram a subir em todo o país com a chegada da variante ômicron e, somente a vacinação, aliada à manutenção das medidas preventivas, poderá impedir que surja uma nova onda da pandemia no município. Sendo assim, a população deve intensificar a lavagem das mãos e o uso do álcool em gel, continuar com uso frequente da máscara e respeitar o isolamento social. A Semusa orienta que todas as pessoas coloquem em dia a vacinação contra a covid-19, tomando a segunda dose que está em atraso ou a dose de reforço — recomenda a Prefeitura.

Em Divinópolis, quase 13 mil pessoas estão com a segunda dose em atraso e outras 34 mil já poderiam ter tomada a dose de reforço, mas ainda não procuram uma unidade de saúde. 

— Se você está nesta situação, procure uma das 27 unidades de saúde que já oferecem esta vacina, sem necessidade de agendamento. A vacinação acontece de 8h às 16h. Antes de procurar uma unidade de saúde para se vacinar contra a Covid-19, o cidadão poderá consultar um cronograma de vacinação que é atualizado diariamente. Nele constam informações sobre os critérios para a vacinação, datas, horários, imunizantes disponíveis e quais as unidades de saúde que o oferecem. O link para consulta do cronograma é  https://bityli.com/EjqBlOc — orienta a Semusa.

 Confira a pontuação de cada onda:

Verde: até 12 pontos;

Amarela: entre 13 a 19;

Vermelha: acima de 19;

Roxa: acima de 19 e com indicação de potencial de colapso.

O protoloco do programa determina que a cidade, por ter mais de 30 mil habitantes, pode escolher entre adotar a onda da macro ou da micro, ou seja, mesmo se a microrregião classificar Divinópolis na onda amarela, mas a macro se manter na verde, o prefeito Gleidson Azevedo (PSC) poderia optar por permanecer na mais flexível.

— Os casos de covid-19 têm aumentado na cidade e é fundamental que a população mantenha todas as medidas preventivas contra a doença. Diante do aumento significativo dos números relacionados à pandemia na toda a região e no município de Divinópolis é preciso, novamente, de um esforço conjunto entre sociedade e poder público para frear esta crescente — alerta a Prefeitura.

 

 

 

Comentários
×