Três pontos de testagem para sintomas respiratórios são criados em Divinópolis

Prefeitura acatou recomendação de sindicato para desafogar procura por testes em unidades de saúde.

Da Redação

Divinópolis terá, a partir da próxima segunda-feira, 24, três pontos de triagem para testar pacientes com sintomas de doenças respiratórias. A decisão, que atende à solicitação do Sintram, visa desafogar a alta demanda por testes em unidades de saúde e nos hospitais. 

Confira os pontos de atendimento:

1) Centro de Triagem Sudeste: será implantado no estacionamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que será tratada de UPA Lateral. O horário de atendimento será de segunda a segunda, de 10h às 22h. Fora deste horário, os pacientes serão atendidos pela entrada principal da unidade;

2) Centro de Triagem Norte: será implantado no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) São Sebastião, localizado na rua Orsini Gomides Campos, nº 150, no bairro São Sebastião. O local funcionará de segunda à sexta-feira, de 8h às 17h.;

3) Centro de Triagem Central/Sudoeste: será implantado no Escola Municipal Oribes Batista Leite, localizada na rua Itambé, nº 81, no bairro Ipiranga. O local funcionará de segunda à sexta-feira, de 8h às 17h.

A Prefeitura informou, ainda, que busca, junto ao Ministério da Saúde, a reativação do TeleCovid, ferramenta de orientação sobre a doença via telefone, desativado no mês passado. A medida também foi uma das recomendações do sindicato. 

— Diante do crescimento considerável do número de casos positivos de Covid-19, com a chegada da variante Ômicron, tem sido registrado um crescimento do número de casos na cidade, o que ocasionou um grande afluxo de pessoas buscando atendimento médico e alterou o perfil da demanda das unidades assistenciais. A partir daí foi necessária a criação de um plano de contingência para frear o crescimento da pandemia no município — explicou a Prefeitura.
 
A atual administração publicou, nesta sexta-feira, 21, o Plano de Contingência e Planejamento Assistencial para Enfrentamento à Covid-19. O investimento total previsto para implantação de todas as medidas é de R$ 200 mil.
 
— Apesar de as taxas de hospitalização se apresentarem em números inferiores àqueles observados quando da prevalência de outras variantes, a vigilância deve ser mantida e os cuidados quanto ao bloqueio da transmissão devem ser intensificados. A Prefeitura de Divinópolis reitera a solicitação para que todos os cidadãos evitem deslocamentos desnecessários e reforcem as medidas de prevenção tão amplamente divulgadas: uso de máscara, higienização das mãos e, sobretudo, distanciamento social. 

As medidas, ressalta o Executivo, são fundamentais para frear a disseminação da doença e, consequentemente, evita a adoção de medidas restritivas mais rígidas que impactem na economia.

Comentários
×