Deus abençoe as crianças!

JOÃO CARLOS RAMOS               

Deus abençoe as crianças!        

"Deixai vir a mim as crianças, porque delas é o reino dos céus”, Mateus 19:4. Assim está escrito na Bíblia Sagrada, cuja citação saiu dos lábios do salvador Jesus Cristo. Sabemos que,  sendo Deus, Ele teve um nascimento e uma infância. Recapitulemos os registros bíblicos: o rei Herodes tinha ódio das crianças por motivos políticos. Ele sabia que o salvador nasceria em Belém da Judeia por causa das profecias do velho testamento. Assim sendo, ele ordenou o massacre de todas as crianças abaixo de dois anos, pois nesse período havia nascido Jesus Cristo e se ocultado em algum lugar. "Ouviu-se um grito em Ramá, lamentação, choro e grande pranto: Raquel, chorando os seus filhos e não quer ser consolada, porque não existem mais”, Mateus 12:18. A referida  profecia se cumpriu  e todas as crianças abaixo de dois anos foram massacradas. Nos dias atuais as potências do inferno não se intimidaram, pois temos visto,  nas manchetes dos jornais e nas mídias em geral, inúmeras crueldades sendo cometidas contra as crianças. O G1 de 02/03/2021 publicou a seguinte estatística horrenda, referente à pedofilia na França: "desde 1950, dez mil crianças e adolescentes podem ter sido vítimas de violências sexuais, cometidas por membros da Igreja Católica na França".  Em todos os países, temos casos desse tipo de violência contra crianças, cometidas principalmente por pessoas próximas das vítimas, como parentes, religiosos, amigos(as) etc.

Na antiguidade, em certas civilizações, era comum sacrificarem crianças do sexo feminino para aplacarem a ira dos deuses, em caso de catástrofes naturais ou outros motivos. Também gozavam de mais importância os homens porque poderiam servir ao estado nas fileiras de seus exércitos. Guerra era questão de sobrevivência, antes da era das cidades. As cruzadas, na Idade Média, arregimentaram milhares de crianças para servirem ao exército da igreja contra os muçulmanos. A morte delas era certa, até mesmo por inanição. Hoje, em pleno ano de 2022, podemos contemplar um esforço fenomenal de várias instituições e mídias para convencerem certos governantes a aderirem à prática da vacinação infantil, contra um inimigo comum, chamado covid-19 e suas variantes. Quem, em sã consciência, ousa dizer que estou errado em defender os inocentes contra o massacre iminente da não-vacinação? As crianças devem ser vacinadas, assim como todos os adultos!  O "reino dos céus" é também da Terra e Jesus chama todas crianças para serem vacinadas e novamente, azorrague em punho, expulsa os vendilhões do templo dos corpos inocentes. O grande filósofo Platão disse: "podemos, facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro. A real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz". Que Deus abençoe as crianças!

[email protected]

Comentários
×