Cuidar do outro, uma cultura que requer dedicação

 

Welber Tonhá

Não vivemos isolados, vivemos em sociedade, necessitamos nos relacionar, e é próprio de todo ser animal (incluo o ser humano) buscar alguém para compartilhar sua vida, dividir, doar, enfim, ter alguém. É natural não sermos completos, porque a vida é feita de trocas. Compartilhamos sorrisos, experiências, segredos, músicas, alegrias e tristezas: esse é um processo pelo qual devemos passar porque os retalhos são importantes – eles permitem que nossa história seja tecida de diversas maneiras e alguém divide isso conosco, e relacionar não é fácil, não é prático, não tem manual e implica em muitas cessões, em adaptações e principalmente se doar, cuidar do outro e de você.

Doar-se implica na necessidade de retribuir o que foi agregado à sua vida! Doamos amor, gratidão, respeito, sorrisos, ações… O que de fato importa é a relevância desse ato de entrega que devemos tornar um hábito, seja na vida social, familiar e principalmente na afetiva, não podemos deixar de cuidar de quem amamos, e cuidar não é só aquele gesto de enfermeiro como o outro está com problemas de saúde, isso também é claro, mas cuidar é, principalmente, demonstrar. Quando seu parceiro fizer algo que te agrade, como um almoço diferente, uma ajuda a um amigo ou familiar ou traga uma surpresa, comente o quanto você ficou feliz com esse gesto e como gosta quando ele faz isso.

Também é importante elogiar a aparência e notar diferenças, como uma roupa nova ou corte de cabelo, um acessório ou mesmo uma conquista profissional, isso para o companheiro e para os outros também. Não é porque seu parceiro já está enturmado com seus amigos e familiares que você deve deixar de falar coisas positivas sobre ele aos outros, como fazia no início do namoro. Mostre que tem orgulho dele.

No começo, os casais costumam procurar coisas diferentes para fazer. Com o tempo, tendem a se acomodar e seguir sempre os mesmos planos. Não deixe isso acontecer. Explore a cidade onde mora e conheça novos lugares, porque isso realmente colabora com a paixão.

A vida sexual não pode ficar sem graça e seguir sempre o mesmo roteiro e posições. Vá com calma e curta o momento.

Mantenha o seu parceiro informado sobre as novidades de sua vida e vice-versa. Conte sobre o que está acontecendo no trabalho, projetos. Isso a torna interessante e dinâmica aos olhos dele.

Em vez de comprar um presente que sabe que ele precisa e o companheiro já espera ganhar, que tal inovar? Prefira ingressos para um show, ingredientes para um jantar romântico.

É comum ver casais que se fecham e deixam de lado seus amigos. Tome cuidado para não cair nessa situação. É saudável conviver com outras pessoas.

As mensagens de texto não precisam ser sempre práticas, como "O que compro para o jantar?" e "Que horas chega em casa?". Envie também declarações, conte coisas engraçadas que viu no caminho do trabalho.

Enfim, cuidar do outro, é importante, se fazer presente, focar no que tem de bom e positivo é importante, pois focar nos defeitos e erros é fácil demais. 

Este texto serve para homens e mulheres, eu produzi pesquisando com alguns psicólogos especializados em relações entre pessoas casadas e com relacionamento sério (namorados, noivos, juntados etc.), focados no cuidar do outro, para que outro cuide de você e tenham uma relação leve, duradoura e feliz.

Alguns trechos de frases e poemas sobre cuidar do outro

“Para cuidar de si mesmo, use a cabeça. Para cuidar dos outros, use seu coração”.

(Eleanor Roosevelt)

“Se Deus criou as pessoas para amar e as coisas para cuidar, por que amamos as coisas e usamos as pessoas?"

(Bob Marley)

Com você estar

de ti cuidar 

em seus braços entrelaçar

ao seu lado despertar

te olhar

te amar

e tudo recomeçar

(Welber Tonhá)

“Namorar é algo que vai muito além das cobranças. É cuidar do outro e ser cuidado por ele, é telefonar só para dizer bom dia, ter uma boa companhia para ir ao cinema de mãos dadas, ter alguém para fazer e receber cafuné, um colo para chorar, uma mão para enxugar lágrimas, enfim, é ter alguém para amar”.

(Arnaldo Jabor)    

“Se você não é capaz de cuidar de uma rosa

e chega ao ponto de deixá-la morrer,

cultive apenas os cactos

e seja feliz com os espinhos”.

(Augusto Branco)

“Amar é um cuidar que se ganha em se perder”.

(Luís de Camões⁠)

Tem pauta para sobre a cultura? Envie para [email protected]

 

Comentários
×