Crea-Minas tem novo presidente

Da Redação

O engenheiro civil Lucio Borges foi eleito pelos profissionais das área de engenharia, agronomia, geologia, geografia e meteorologia de Minas Gerais presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-Minas) na gestão 2018/2020. As eleições ocorreram no dia 15 de dezembro último em todo o estado, com a utilização de urnas eletrônicas.

O vencedor recebeu votos de 70% dos 8.904 eleitores que compareceram ao pleito. Lucio Borges será o sucessor do engenheiro civil Jobson Andrade, que presidiu a autarquia por dois mandatos consecutivos. 

Os eleitores escolheram também os diretores regionais das Caixas de Assistência dos Profissionais dos Creas, a Mútua, além dos inspetores das 63 unidades de atendimento do conselho em todo o estado. As eleições ocorreram nos Creas de todo o Brasil e também no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), com sede em Brasília.

Logística

Por meio de um convênio firmado entre o Crea-Minas e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG), foram disponibilizadas 358 urnas, distribuídas em 106 cidades mineiras. Os equipamentos foram instalados na sede do Crea-Minas, em Belo Horizonte, nas inspetorias e nos escritórios de representação no interior, além de empresas, instituições de ensino e entidades de classe de todo o estado.

Além do apoio de equipamento, houve ainda o apoio técnico com a presença em tempo integral, na sede do Conselho, de um funcionário do TRE durante toda a votação e apuração das urnas eletrônicas. A eleição também foi acompanhada, em grande parte do dia, pelo juiz eleitoral Renato Jardim.

Nas inspetorias e locais de votação, onde haviam cartórios eleitorais nas cidades, os funcionários do TRE deram apoio acompanhando, principalmente, a emissão da Zerésima e do Boletim de Urna, onde consta o resultado final da votação de cada urna.

Coment√°rios
×