CPI da Educação rejeita pedido de suspensão

Líderes de bancadas temem uso político durante eleição

Da Redação

Os membros da CPI da Educação rejeitaram, nesta segunda-feira, 22, o pedido dos líderes de bancadas da Câmara de suspensão durante o período eleitoral. Durante a discussão, o presidente da comissão, Josafá (Cidadania), votou pela rejeição e argumentou “não aceitar interferência”.

Ana Paula do Quintino (PSC), Ademir Silva (MDB) e Lohanna França (PV) também votaram pela continuidade do trabalho; Rodrigo Kaboja (PSD) se absteve.

Com isso, o resultado da apuração conduzida pela CPI será lida em Plenário nesta quarta, 24, às 8h, em reunião aberta ao público.

Comentários
×