Coren-MG atua para identificar não conformidades em ILPI de Divinópolis

Assim que foram divulgadas denúncias sobre a equipe de enfermagem que atuava na Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI) Vila Vicentina Padre Libério, em Divinópolis, o Coren-MG enviou os fiscais Valéria Arashiro, Elizângela Peixoto e Gustavo Arantes, além do conselheiro Richardson Machado para verificação dos fatos presencialmente na instituição.

O Coren-MG foi recebido pela nova gerente administrativa Carla de Souza e a nova RT, a enfermeira Dayana Manoel.

— O Departamento de Fiscalização do conselho identificou vulnerabilidades com relação à equipe assistencial da instituição e requereu a contratação e composição imediata de uma equipe de enfermagem fixa para atuar diariamente na Vila Vicentina, sobretudo, pelo perfil dos idosos que a instituição acolhe — informou.

Em outra frente, o Departamento Jurídico do Coren-MG solicitou à Polícia Civil os autos do processo para que possam ser analisados pela Unidade de Processo Ético do conselho, que já está instaurando a denúncia por ofício referente ao caso.

 

Comentários
×