Copasa lança pacote de licitações para abastecer 100% da população de Divinópolis

Da Redação

Com investimentos de quase R$ 47 milhões, a Copasa tem intensificado as obras para garantir os melhores serviços de abastecimento de água tratada e esgotamento sanitário aos moradores de Divinópolis. Além da conclusão da segunda etapa da expansão do sistema de abastecimento, prevista para os próximos meses, a empresa lançou um pacote de licitações para obras de esgoto, recomposição asfáltica e combate a vazamentos e perdas de água. 

Até julho, 7 mil moradores dos bairros Alto São Vicente, Liberdade, Alvorada, parte do Bom Pastor, Anchieta, Alto das Oliveiras, Nossa Senhora da Conceição, Nova Fortaleza I e II, Rinaldo Campos e Serra Verde serão beneficiados com a conclusão da segunda etapa das obras de abastecimento. Com a conclusão, todo o sistema irá operar de forma plena, melhorando o atendimento em toda a cidade. 

As intervenções no sistema de abastecimento começaram em agosto de 2021 e preveem a operação de um novo reservatório elevado de 25 mil litros de capacidade para atendimento da região mais alta dos bairros Liberdade e Alto São Vicente. Um outro reservatório de 500 mil litros fará o atendimento da zona alta do bairro Alvorada. O investimento é de R$ 4,5 milhões. Na primeira etapa da obra foram construídos reservatórios, adutoras e redes de distribuição de água, além de unidades de bombeamento que já operam de forma parcial, atendendo à região mais alta.  

Com licitação a ser publicada nos próximos dias, a Copasa vai destinar ainda mais de R$ 4,4 milhões para cobrir todo o fornecimento de materiais das obras e serviços de recomposição asfáltica de Divinópolis. Também em fase de licitação a contratação dos serviços de expansão de redes coletoras, manutenção do sistema de esgotamento e melhorias nas unidades do sistema, com investimentos de mais de R$ 24,1 milhões.  

No sistema de esgotamento sanitário, as novidades chegam com outras licitações e investimentos de quase R$ 6 milhões. O recurso será empregado no fornecimento total de materiais e equipamentos dos serviços de instalação de uma estação elevatória de tratamento de esgoto com vazão de 15 L/S, no bairro Santo Antônio dos Campos (Ermida).  

Combate a vazamentos 

Outro investimento que merece destaque - da ordem de R$ 8 milhões - se refere às obras de substituição de 9,2 km de redes e construção de mais de 14 km nos locais em que ocorrem maior frequência de vazamentos. Serão criados ainda setores de abastecimento monitorados para combate às perdas.  

Essas ações irão reforçar o trabalho de vistoria que a Copasa já faz para evitar vazamentos. Na última semana, por exemplo, durante uma intensa investigação sobre a situação da rua Urucuia, no bairro São Luís, região Nordeste de Divinópolis, técnicos e engenheiros da empresa identificaram que a erosão no local não tem qualquer relação com a prestação de serviço de responsabilidade da companhia.  

As vistorias determinaram que a erosão pode ter ocorrido por influência das enxurradas causadas pelas fortes chuvas que caíram na cidade neste mês. Mesmo assim, a Copasa sinalizou o local e logo comunicou o fato à prefeitura.  

Para o superintendente João Martins, todas as ações e investimentos demonstram o compromisso da Copasa na melhoria dos serviços e na continuidade de obras tão importantes para a população de Divinópolis.  

 

Comentários
×