Confusão generalizada termina em três presos e uma apreensão

Ocorrência em Santo Antônio Monte teve até mão de policial militar mordida

Da Redação

Três pessoas foram detidas e uma adolescente apreendida, nesta quinta-feira, em Santo Antônio do Monte, após uma confusão generalizada. A Polícia Militar (PM) explicou que um homem, 47 anos, pai de uma jovem deficiente auditiva, 23, se encontrou na rua com um suspeito de ter se relacionado com a moça de forma induzida, em 2020.

No momento, ele se irritou por conta de uma atitude sarcástica do rapaz e ambos começaram a se agredir. O pai da jovem gravou um vídeo onde aparece ferido e diz que agrediu o suspeito por ele ter estuprado a filha, no entanto ele se referia ao ocorrido em 2020.

— Não tivemos nenhum registro de estupro. O caso o qual ele se refere no vídeo diz respeito a uma ocorrência de 2020, ocasião em que a jovem citada disse ter sido induzida a se relacionar com o rapaz. O que ocorreu ontem foi uma confusão generalizada — explicou a PM.

Ferimentos

Ainda segundo a PM, no momento da confusão, outra filha do homem, 14 anos, feriu o suspeito com quem o pai brigava com uma tesoura. Eles não aguardaram a chegada da polícia e foram direto para a UPA, devido aos ferimentos.

Na UPA, uma jovem, 22 anos, que também é filha do homem envolvido na briga, desacatou os policiais e mordeu a mão de um deles. Após o atendimento médico, receberam voz de prisão e apreensão por lesão corporal: o homem, pai da jovem, a filha dele de 14 anos e o suspeito de estupro. A outra filha de 22 anos foi detida por desacato.

Todos foram levados para a delegacia de Polícia Civil, ouvidos e liberados.

Comentários
×