Comunidade busca ajuda para construir quadra

Moradores do Quilombo pedem auxílio pelo PIX para começar a construção de uma quadra de esportes

 

 

José Carlos de Oliveira

Quilombo começa a construir sua quadra de esportes. Os moradores das comunidades rurais do município têm pouca ou nenhuma opção de lazer.  Os poucos locais que encontram para se reunir são os centros comunitários, praças de esporte e campos de futebol. Para manter os mesmos ou construir outro espaço que atenda a toda a comunidade, eles colocam a mão na massa e contam com a ajuda da população.

A Prefeitura de Divinópolis, através das secretarias, como a de Esporte e Juventude e Obras Públicas, contribui com a limpeza dos campos das comunidades e nas estradas. O trabalho, no entanto, é insuficiente para atender às demandas dos moradores. E como são eles que sabem onde estão as maiores carências, voluntários se juntam para tornar melhor a vida de toda a população.

Ação entre amigos

Os representantes dos dois times do Quilombo, que recentemente participaram do Campeonato Rural de Divinópolis, Marcelo Aparecido (o Marcelo Pamonha) e Willian Gontijo, decidiram colocar mãos à massa e tornar realidade a construção de uma quadra de esportes na comunidade do Quilombo. A princípio, a estrutura seria para o time de futebol, mas a intenção é levantar no espaço um local onde a comunidade possa se reunir em eventos diversos.

Segundo Marcelo Aparecido, a intenção é levantar o muro para cercar o local, providenciar a iluminação e, posteriormente, cimentá-lo.

— Faremos tudo devagar, de acordo com nossas possibilidades, e depois de murar o local iremos melhorando a quadra, aos poucos, conforme a verba que conseguirmos, com eventos no local e a ajuda da comunidade — garantiu.

Como ajudar

Na etapa atual, pessoas da comunidade do Quilombo ou de outras localidades podem contribuir para a construção do muro da quadra com a transferência de qualquer quantia para o PIX de Willian Gontijo – chave 37988030610. Assim, os desportistas da cidade podem ajudar a tornar realidade o sonho dos moradores do Quilombo.

Comentários
×