Com baixa cobertura, vacinação contra influenza e sarampo é prorrogada

O prazo para vacinação contra a influenza e o sarampo foi estendido até o dia 24 de junho. As coberturas vacinais alcançadas até o momento, encontram-se longe das metas estabelecidas.

Dessa forma, visando melhorar o desempenho da vacinação contra a influenza e sarampo em todos os grupos prioritários, com o objetivo de alcançar a meta mínima de 90% de cobertura vacinal e 95% para as crianças de seis meses a menores de cinco anos, o prazo foi prorrogado por mais 21 dias.

Durante o dia, os interessados podem procurar qualquer unidade de saúde das 8h às 16h. À noite, de 18h às 21h30, esta vacinação acontece em cinco unidades, são elas: Belvedere, Planalto, Sagrada Família, Tietê e Ermida.

A Secretaria de Saúde de Divinópolis salienta aos que ainda não foram imunizados a procurarem uma unidade o mais breve possível e alerta a todos a não deixarem para a última hora, evitando assim, filas de espera e aglomerações.
 
Balanço

Foram vacinadas 33.228 pessoas de um total de 63.069 da população que fazem parte dos grupos prioritários, o que representa 52,7% de cobertura. Dentro destes números, foram vacinadas 3.573 crianças de 6 meses e 5 anos, de um total de 11.745 (30,4%). A cobertura entre os professores está apenas 24,9% com a vacinação de 599 de um total de 2.401.

A cobertura vacinal entre as gestantes está em apenas 19,4% com a vacinação de 383 de um total 1.972 e apenas 70 puérperas, de um total de 324 (21,6%). Esta campanha realizou também a vacinação de 5.161 trabalhadores de saúde, de um total de 7.462 (69,2%) e mais 23.442 idosos, de um total de 39.165 (59,9%).

Também fazem parte dos grupos prioritários: pessoas com comorbidades; pessoas com deficiência; profissionais das forças armadas, de segurança, de salvamento; funcionários do sistema prisional; caminhoneiros e trabalhadores do transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; pessoas privadas de liberdade e em medidas socioeducativas.

Sarampo

Foram vacinadas 3.918 crianças de 6 meses a menores de 5 anos, de um total de 11.744, o que representa 33,4% de cobertura.  Entre os trabalhadores da saúde, que também são alvo desta campanha, foram aplicadas 4.110 doses de um total de 7.462 (55,1%).

Comentários
×