Coluna Sindijori 09/03/2022

Venda de narguilé pode ser proibida

A Câmara Municipal de Uberlândia deve analisar ainda neste mês um projeto que pretende proibir a venda de cachimbos de água egípcio, conhecidos como narguilés, para menores de 18 anos em Uberlândia. Pelo texto, além do narguilé, fica proibida a comercialização de essências, fumo, tabaco, carvão vegetal e demais peças vendidas separadamente, que compõem o aparelho ou qualquer acessório para a prática desse instrumento a menores de 18 anos. Para realizar a venda, os estabelecimentos deverão exigir documento de identificação que comprove a maioridade do comprador. (Diário de Uberlândia)

 

Baixa vacinação preocupa

A taxa de vacinação contra a poliomielite está baixa em todo o país. Nesse sentido, no mês de fevereiro, Minas Gerais registrou o índice de 73,7% para menores de um ano; de 66,38%, para crianças de 15 meses de idade; e de 59,67%, para crianças com 4 anos de idade. De acordo com a coordenadora do Setor de Imunização da Prefeitura de Valadares, Márcia Cordeiro, a situação da vacinação na cidade é preocupante. “Nós encerramos o ano de 2021 com 69,5% de vacinação no esquema básico, que é o da criança com menos de 1 ano. Isso é muito grave, pois existe o risco da doença, – erradicada no Brasil – retornar ao nosso país”, disse. (Diário do Rio Doce – Governador Valadares)

 

Formiga faz audiência de turismo

Acontecerá em Formiga, no dia 30 deste mês, o Encontro Regional dos Municípios do Circuito Turístico Grutas e Mar de Minas. A Secretaria de Administração e Desenvolvimento Econômico publicou o edital de Chamada Pública que dispõe sobre parcerias a serem formalizadas entre o Executivo formiguense e pessoas jurídicas para apoio ao evento, que será realizado em conjunto com a IGR (Instância de Governança Regional) Circuito Grutas e Mar de Minas. (O Pergaminho – Formiga)

 

Promotoria quer saber sobre uniformes

O Ministério Público abriu procedimento preparatório para apurar suspeita de irregularidade em uniformes escolares da rede municipal de Uberaba. A Prefeitura tem prazo de dez dias úteis para prestar esclarecimentos à Promotoria sobre o processo licitatório e o modelo das peças adquiridas para entrega aos alunos. A polêmica em torno dos uniformes escolares da rede municipal surgiu porque o modelo inicial publicado no edital da licitação trazia a mensagem #ConstruindoSaberes, o que seria considerado inconstitucional por se tratar de um slogan de governo. (Jornal da Manhã – Uberaba)

 

Resíduos sólidos será tema de reunião

Manhuaçu sediará na sexta-feira (25), um Encontro sobre Resíduos Sólidos com o secretário Nacional de Saneamento, Pedro Maranhão. O evento é promovido pelo CIS-Caparaó (Consórcio Intermunicipal Multissetorial da Região do Entorno do Caparaó) em parceria com o CIS-Verde (Consórcio Intermunicipal Multifinalitário) e será realizado no anfiteatro da Câmara de Vereadores. O presidente do CIS-Caparaó, Sergio Camilo (prefeito de São João do Manhuaçu), explicou que foram convidados prefeitos, secretários de meio ambiente e os vereadores da mesa diretora das 34 cidades da região, integrantes dos dois consórcios. (Diário de Manhuaçu)

 

Fiemg lança curso de capacitação

Com o objetivo de levar informações que contribuam para o melhor preparo político dos industriais e população em geral, a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) lançou a 1ª Capacitação Política. Durante a abertura do evento, que aconteceu, ontem, em Belo Horizonte, o presidente da Fiemg, Flávio Roscoe, destacou que o curso tem o objetivo de levar o conhecimento  para quem deseja ampliar o engajamento na eleição. Na abertura, o tema discutido foi a falta de confiança na política, instituições e relações interpessoais e a importância da retomada da mesma como um elemento chave para o desenvolvimento socioeconômico do país. (Diário do Comércio – Belo Horizonte)

 

Guarda recebe armamento

A Guarda Civil Municipal de Varginha recebeu armamentos que poderão, quando necessário, serem utilizados por seus agentes em ações preventivas. Foram 05 espingardas calibre 12, munições de calibre 12 (antitumulto), munições para pistolas .40, porta carregador e coldres. Esse armamento foi adquirido com recursos do Município, mais recursos oriundos de Emendas Impositivas apresentadas na Câmara. Segundo o comando da guarda,  a aquisição do armamento será de grande importância para o crescimento da instituição, otimizando não somente os trabalhos preventivos desenvolvidos diuturnamente, como também para ampliar a capacidade operacional de pronta resposta quando se fizer necessário. (Gazeta de Varginha)

Comentários
×