Coluna Sindijori 08/02/2022

Rede de Notícias do Sindijori MG

www.sindijorimg.com.br

 

Alta nas vendas de aço

            Após encerrar 2021 com leve queda de 0,7% nas vendas, se comparado com 2020, a comercialização de produtos siderúrgicos pelos distribuidores deve retomar os patamares pré-pandemia. A estimativa é de uma alta em torno de 3% a 5% em 2022. O crescimento será sustentado pela demanda aquecida vinda de vários segmentos, como energia eólica e solar, máquinas agrícolas, construção civil e veículos, puxados pelos caminhões. Conforme os dados  do Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda), em 2021, as vendas de produtos siderúrgicos pelos distribuidores somaram 3,59 milhões de toneladas, queda de apenas 0,7% no comparativo com 2020. (Jornal Classivale – Ipatinga)

 

Evento discute qualidade do café

            Evento on-line, que acontece nesta terça, 8 de fevereiro, às 18h, reúne especialistas para discutir a qualidade, sustentabilidade e produtividade que resultam da agricultura regenerativa aplicada ao cultivo do café a live “Agricultura Regenerativa: oportunidade para a cafeicultura”, promovida pelo Clube Illy do Café, é um evento on-line gratuito voltado para promover o intercâmbio de experiências e ideias em relação à transformação do solo e do cultivo de café através das práticas da agricultura regenerativa. A live será transmitida pelo YouTube do Clube Illy do Café. (Folha Patense)

 

Novos serviços no fórum

            O prédio localizado na região central da cidade de Araguari que, no passado, abrigou o Fórum da Comarca – Fórum Doutor Oswaldo Pieruccetti – foi construído na década de 1960 para essa finalidade, porém, nos dias de hoje, o local já não tinha um estacionamento adequado e a quantidade de salas não suportava a demanda exigida. Outros imóveis, alugados, abrigavam o Cejusc, Juizado Especial e arquivo. A previsão é de que esses serviços (que foram alterados em função da obra no telhado) retornem para a delegacia regional assim que as reformas forem concluídas. (Gazeta do Triângulo – Araguari)

 

Comissões permanentes

            A Câmara Municipal de Araxá realizou, semana passada, a primeira reunião do ano no Plenário Vereador Guilherme Gotelip Neto. O Regimento Interno da Casa determina que ocorra a eleição dos membros das seis comissões permanentes da Câmara no início da Sessão Legislativa. As Comissões têm o objetivo de estudar as proposições e os assuntos de sua competência e elaborar parecer sobre eles antes de uma possível apreciação pelo plenário. Cada uma delas é formada por três parlamentares que se dividem entre os cargos de presidente, relator e membro. (Correio de Araxá)

 

Polo de moda tem bom desempenho

            Em dezembro, o desempenho das vendas no Barro Preto, polo de moda em Belo Horizonte, foi considerado positivo diante das incertezas e restrições impostas para conter o avanço da covid-19. A movimentação nas lojas foi maior, puxada pelo Natal, e a tendência é encerrar o mês com resultados próximos aos alcançados em igual mês de 2019. Dentre os desafios enfrentados, a menor oferta e o aumento do preço de insumos, como tecidos, têm deixado os empresários cautelosos, mas a expectativa é de que 2021 seja melhor que 2020. (Diário do Comércio – Belo Horizonte)

 

Investimento em patrimônio histórico

            O patrimônio de Conselheiro Lafaiete contará com um aporte de, pelo menos, R$ 4.305.000 em 2022. De acordo com o planejamento que vem sendo executado pela Prefeitura de Lafaiete e Secretaria de Cultura, há cinco obras de restauro sendo executadas ou já aprovadas, com recursos definidos. Mas esse valor pode se tornar ainda maior, caso os setores consigam articular novas fontes de recurso. E são edificações importantes, que não só compõem a paisagem da cidade como a conhecemos, mas que também guardam muito da nossa cultura e história. Outro grande investimento será feito na bela estação de Buarque de Macedo. (Jornal Correio da Cidade – Conselheiro Lafaiete)

 

Peça pode voltar ao local de origem

            O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) realizou, na última semana, uma solenidade para recebimento da doação da peça sacra denominada “Cabeça de Anjo de Fita Falante”, de autoria de Antônio Francisco Lisboa, o Mestre Aleijadinho, oriunda do Conjunto Arquitetônico e Paisagístico da Fazenda da Jaguara (Matozinhos), tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha), em 1996. A peça se encontrava sob os cuidados da ex-diretora do Museu de Arte de São Paulo (Masp) Beatriz Camargo Pimenta e, por meio da atuação do MPMG, foi pactuada a doação da escultura ao Museu da Inconfidência. (Diário do Rio Doce – Governador Valadares)

 

 

PL para passaporte de vacinação

            O grupo “Veritas”, vinculado aos Conservadores do Norte de Minas, protocolará hoje, na Câmara Municipal, uma proposta de Projeto de Lei que de iniciativa popular que “veda a exigência de apresentação de comprovante de vacinação contra a covid-19 para acesso a bens, benefícios, serviços ou lugares em Montes Claros”. O projeto ainda proíbe exigir comprovante de vacinação contra covid-19 para a realização de atendimento médico ou ambulatorial. Os médicos deverão notificar, à Secretaria de Saúde, todos os casos de reação à primeira dose da vacina contra a covid-19, atestando, se for o caso, que a pessoa não pode tomar a segunda dose da vacina. (Gazeta Norte Mineira – Montes Claros)

Comentários
×