Coluna Renata Rachid 26/10/2021

1-Será que sou?

Ei, minha amiga, me conte uma coisa aqui: você já se sentiu incapaz, insuficiente e não merecedora das suas conquistas? Já teve a sensação de que você é uma farsa e que a qualquer momento alguém pode te desmascarar? 

Se sua resposta para essas perguntas for "sim", saiba que você não está sozinha!

Você pode nunca ter ouvido falar sobre o “FENÔMENO DO IMPOSTOR” ou “(“Síndrome da Impostora”), mas é possível que ele  já tenha rondado a sua vida ‒ sobretudo, se você for mulher.

A sensação de que o sucesso atingido não foi merecido é bastante comum, especialmente entre nós, mulheres. Muito louco isso, né?

Pesquisando no Google, descobri que as primeiras conversas acerca do tema aconteceram no fim dos anos 1970, quando as psicólogas Suzanne Imes e Pauline Rose Clance publicaram o artigo “The impostor phenomen in high achieving women: dynamics and therapeutic intervention” (O fenômeno do impostor em mulheres de sucesso, dinâmicas e intervenção terapêutica, em tradução livre).

Em uma pesquisa da Discovery Brasil intitulada “A Falsa Farsa” (a primeira sobre o tema no Brasil) concluiu-se o FENÔMENO DA IMPOSTORA como "um sentimento de inadequação" e "sensação de não pertencimento, de não atingir as expectativas dos outros, ou até mesmo a própria, sobre sua performance", sendo que as mulheres são as mais afetadas. Nós, geralmente, acreditamos que os outros nos acham mais competentes do que realmente somos.

Mas por que isso acontece?

 

Segundo a pesquisa da Discovery, as causas desse sentimento podem estar enraizadas logo na infância, quando o machismo estrutural passa a afetar as crianças ao associar meninas a palavras como "princesa" e "delicada", e meninos a "inteligente" e "destemido", por exemplo.

Assim, as mulheres passam a se reconhecer como inferiores em termos intelectuais e se sentem demasiadamente cobradas. Logo, elas entendem que precisam se esforçar muito mais para atingirem seus objetivos. O perigo, no entanto, é que parâmetros inalcançáveis passam a ser criados. Muitas outras justificativas também podem estar associadas.

Tome cuidado para essa insegurança não tomar conta de sua vida!

Não existe fórmula mágica para combater esse fenômeno, mas essas dicas, citadas no estudo “A Falsa Farsa”,  podem e vão te ajudar!

 

Confira:

1- Se permita errar, está tudo bem em não acertar sempre;

2- Pratique a autoaceitação;

3- Dê pausas durante o expediente e fora dele;

4 - Viva sua vulnerabilidade;

5 - Crie o hábito de se elogiar e não espere apenas por críticas;

6 - Não fuja de reuniões de feedbacks por medo;

7 - Lembre-se: você é capaz, não deixe a insegurança te dominar!

 

Fonte: pesquisa “A Falsa Farsa”, Discovery Brasil 2021.

 

Beijo grande de luz!

@renatanrachid





2-New trend

Vestir-se de acordo com sua personalidade e estilo, melhorando sua imagem e se valorizando para o novo agora!

Esses são alguns dos propósitos da coleção Primavera Verão ESCAPISMO da KILÔMETRO QUADRADO.

Acesse: @kilometroquadrado e descubra o que o Escapismo Km² te reserva!

 

3-Sabor

De culinária do Oriente Médio o ARABEK entende!

O restaurante oferece em seu cardápio opções como o charuto, as deliciosas abobrinhas recheadas e tantas outras que são tradicionais na culinária árabe.

O original charuto é feito de folhas de uva e geralmente recheado com arroz e carne. Ele é conhecido no Oriente como yabrak (que significa folha).

Esses deliciosos e tradicionais pratos levam temperos e especiarias especiais, e, geralmente, também são acompanhados por molho de tomate.

Você pode experimentar essas e outras delícias como kibes, esfirras e kibabs no conforto de sua casa!

Basta pedir pelo Ifood ou WhatsApp.

O delivery do restaurante Arabek está sempre pronto para lhe atender.

Experimente!

@arabek.div

(37) 99173-5551

 

4-Pets

Um parque de diversões para cachorros foi destaque na 1ª PETStyle Pop Up, evento que aconteceu neste mês em São Paulo.

A ideia foi promover a integração entre homens e animais, incentivando a sustentabilidade.

Com brinquedos criados a partir de materiais reciclados e arte urbana, o evento foi acompanhado por música, dança, esportes, exposições fotográficas e desfiles de moda pet.

Teve diversão para todas as espécies!

Você sabia que o relacionamento de homens e pets pode combater  o estresse e curar doenças?

Além do amor, os cães, gatos e outros pets ajudam de outra forma o coração dos donos. Segundo pesquisas dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) e do Instituto Nacional de Saúde (NIH), nos Estados Unidos, criar um bicho em casa ajuda a reduzir a pressão sanguínea, o colesterol e o nível de triglicérides. Consequentemente, servem de prevenção contra ataques do coração e outras doenças cardiovasculares.

Adorei a iniciativa!

 

5- Velinhas

Izaias Alves é o nosso aniversariante da semana!

Desejamos felicidades!

Comentários
×