Coluna Especial - Bento Menni 21/10/2021

Marina Diva de Oliveira

41 anos 

Vivemos em constante evolução e transformação. E assim permitimos nos aprimorar, modificar e melhorar nossas ações e a forma de ver o mundo. Mas o que não muda em nossos valores é o espírito transformador, acolhedor e hospitaleiro que é nossa marca registrada em todo o mundo há mais de 141 anos e em Divinópolis há 41 anos. Com o coração transbordando de amor, celebramos em 25 de outubro de 2021 o aniversário de 41 anos do Hospital São Bento Menni

A Congregação das Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus, que é mantenedora do Hospital São Bento Menni, projetou a Instituição na Cidade do Divino por haver a presença dos Irmãos de São João de Deus já que somos “filhas de São João de Deus”, entendendo que São Bento Menni, nosso fundador, pertencia à ordem de São João de Deus. Nossa obra veio para dar voz às pessoas com transtornos mentais de Divinópolis e região. Atualmente, contamos com quatro irmãs que dão seguimento a esse trabalho de hospitalidade.

O hospital segue em busca de amplificar todos os serviços em saúde mental, atuando com foco em nossa missão e na Centralidade do Cuidado que é o paciente e seus familiares. Por meio de um trabalho que une ciência e caridade, levamos hospitalidade à saúde e transformando vidas. Um corpo clínico multidisciplinar que atua em atendimento à saúde mental e também consultas eletivas e ambulatoriais nos mais diversos segmentos em toda nossa região Centro-Oeste mineira. 

O nosso logotipo:  um coração, desenvolvido em 1998. O ícone tem sido desde sempre o símbolo da nossa hospitalidade. Ele exprime a nossa história e tem a capacidade de a tornar altamente eloquente face à cultura dos nossos dias. A força de sua beleza aflora rapidamente os olhos; a natureza elementar do seu traçado evoca instintivamente a nossa Instituição, a sinfonia das suas duas cores fica gravada como uma característica da nossa identidade hospitalar, sendo o verde representando a saúde e o vinho representando o ser humano (vemos Jesus em cada um que cuidamos).

Assim como afirmou a irmã María Camino Agós, Madre superiora geral em 2011, o serviço hospitalar é um exercício de amor efetivo face ao mundo do sofrimento psíquico. Assim o entenderam os nossos fundadores porque a missão veio do coração entregue por amor d’Aquele que passou curando para fazer o bem. A nossa missão partilhada mantém e projeta para o futuro essa mesma finalidade de cura informada pelo amor. E é por esse serviço de amor e hospitalidade que seguimos. 

Somos gratos por manter nosso serviço ao encontro do outro e junto à bela Cidade do Divino. E reforçamos que essa missão é realizada por muitas mãos: irmãs, benfeitores, voluntários, pacientes, estudantes, colaboradores, família. Mãos singulares que se comprometem, cotidianamente, em seus espaços, para o cuidado aquele que sofre.

Isso é missão... Isso é hospitalidade!

Ser esse coletivo que se faz e se refaz para levar dignidade e transformação de vida para os pacientes/familiares.

Essa é uma nova etapa que vem reforçar o que vivenciamos há 41 anos: finalidade de cura informada pelo amor!

Avante...

Marina Diva de Oliveira é diretora hospitalar

[email protected]

Comentários
×