Coluna Entre Aspas 05/05/2022

LÍNGUA PORTUGUESA 

É bom morar em casa “germinada”?

 

É perigoso à beça!... Em casa germinada deve haver germes em todo o canto; prefira morar em outro tipo de casa, bem mais saudável: a geminada. É ela que vem de gêmea, e não a outra, que vem de germe. Portanto, casa geminada e não germinada. Aula geminada e não germinada.

 

CURIOSIDADES 

Amazônia

 

A Amazônia brasileira é sete vezes maior do que a França e corresponde a 32 países da Europa Ocidental. A Ilha de Marajó, que fica na embocadura do rio, é maior do que alguns países como a Suíça, a Holanda e a Bélgica.

 

REFLEXÃO DA SEMANA 

“Apenas os idiotas não se contradizem.” (Paulo Francis)

 

REFLEXÃO BÍBLICA

“Ó Senhor, Tu ouves os desejos dos aflitos; confortas os seus corações, e ouves o seu clamor.” (Salmos 11:17)

 

RIA... POR FAVOR!

Perguntaram ao mineiro:

- Diz aí um verbo!

Ele pensou, pensou e respondeu indeciso:

- Bicicreta.

- Não é bicicreta, é bicicleta. E bicicleta não é verbo!

Perguntaram a outro mineiro:

- Diz você aí um verbo!

Ele também pensou, pensou e arriscou ressabiado:

- Prástico. - Não é prástico, é plástico. E plástico não é verbo!

Perguntaram a um terceiro mineiro:

- Diz aí um verbo!

Esse aí nem pensou:

- Hospedar.

- Muito bem! Até que enfim um mineiro inteligente. Agora diga aí uma frase com o verbo que você escolheu.

O mineiro encheu o peito de coragem e mandou bala:

- Hospedar da bicicreta são de prástico!

 

MÁXIMAS DO PROFESSOR CARLINHOS 

 

  • Um quase conterrâneo, sob efeitos de demasiadas leituras, a seu modo, pontificou:
  1. a) adoro música clássica, principalmente o tema central do ballet “O LAGO DOS CÍNICOS”;
  2. b) quem tem padrinho não morre patrão
  3. c) ...eles que são adúlteros... eles que se desentendam;
  4. d) isso é uma faca de dois legumes;
  5. e) ...tomou tanto sol na cabeça e ficou “beleléu” da cuca;
  6. f) o patrão: sobre aquele empregado, como te falei: pensei... pensei... repensei e dispensei.
  7. g) no final, é só tomar um Luftal para dar mais gás.
  • Lá no “fórum”, segurando um volumoso processo judicial contra um certo amigo, aquele meritíssimo, solenemente explicou: 

- Eu me julgo incompetente para lidar com esta ação, meu caro amigo Afonso.

- Que isso, doutor – retrucou Afonso – o senhor... incompetente para um casinho desse? Vê lá. Deixa de ser humilde, sô... te conheço bem. Modéstia sua!

 

Comentários
×