Coluna Braga 11/11/2021

Tecnologia de ponta

Divinópolis é referência em saúde na região, equiparando-se aos grandes centros com tecnologias e profissionais altamente qualificados. Nesse sentido, mais um importante passo foi dado nesse segmento, na manhã de ontem, com a realização da primeira sessão de radioterapia pediátrica no Hospital do Câncer. Uma criança de dois anos foi a primeira paciente a passar pelo procedimento na instituição, dando continuidade ao tratamento de um neuroblastoma (tumor da glândula adrenal) com metástase na calota craniana. Importante destacar essa ampliação dos serviços do Hospital do Câncer já que, até então, os pacientes infantis precisavam se deslocar a Belo Horizonte para realizar esse tratamento. Em parceria Associação de Combate ao Câncer do  Centro-Oeste de Minas (Acccom), a associação ainda disponibilizou para a instituição um carrinho de anestesia, que dará suporte às crianças que passam pelas sessões de radioterapia com ainda mais segurança.

 

Na mídia

Para o poeta Osvaldo André de Mello, os dois anos de reclusão, por causa da pandemia, foram positivos. A produção literária foi intensa, ele editou o livro "Palavra ao povo de Deus", de frei Bernardino Leers, e "De corpo inteiro", de Sulamita Coelho. No momento, finaliza um livro de memórias e ficções do Palmério Ameno e um de poesia da acadêmica Maria Imaculada Batista Silva. Novidade: no afastamento social, o escritor enveredou pelo caminho da ficção e produziu um livro de contos, gênero a que vem se dedicando. A obra intitulada "O incompleto alfabeto" deve chegar ao mercado no primeiro semestre de 2022. Osvaldo produziu, ainda, um novo livro de poemas, "O sétimo dia". Deste, a revista eletrônica SPHERA estampou cinco poemas, no seu número de inauguração, em que podemos ler um poeta antenado com o seu tempo. Para conferir é só acessar o link https://www.revistasphera.com/post/poemas-de-osvaldo-andré-de-mello

 

Máscaras

A ala de oncologia pediátrica do Hospital de Câncer de Divinópolis se tornou um ambiente mais lúdico e descontraído por meio do projeto implantado por lá pelo rádio-oncologista Jonathas Torraca. Inspirado em um projeto do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo, o espaço oferecerá às crianças máscaras para sessões de radioterapia personalizadas. Realizado por meio de um aparelho semelhante aos de raios-X e tomógrafos, durante as sessões de radioterapia, o paciente fica deitado sobre o acelerador linear, que é direcionado para a área do corpo a ser tratada. Na área de cabeça e pescoço ou crânio, o paciente usa uma máscara termoplástica que ajuda a manter a posição correta durante o tratamento, o que pode causar apreensão nas crianças. Para concretizar esse projeto, a enfermeira Isabela Ribeiro Gontijo realizou um curso especial de personalização das máscaras. Para a primeira sessão, a equipe multiprofissional da radioterapia adaptou a máscara, que será utilizada, para a personagem Peppa Pig, preferida da paciente infantil, para criar um clima de brincadeira e tornar mais fácil esse momento marcante da pequena na luta contra o tumor.

 

Bax

Novembro será marcado pelas justas homenagens a Petrônio Bax: uma pela Academia Divinopolitana de Letras (ADL), pois foi um de seus fundadores; outra pela Câmara Municipal, pois foi Cidadão Honorário; e outra pelo Encontro Cultural Franciscano, visto que era filho de um ex-irmão leigo franciscano. A exposição “Bax, Cores e Versos a Educar” foi aberta nesta segunda-feira, 8, no Espaço Cultural GTO, na Câmara de Divinópolis e pode ser visitada até o próximo dia 19. A curadoria é de Simone de Carvalho Bax.

 

Encontro

A Comissão de Inclusão da Uemg Divinópolis realiza hoje, às 19h, mesa-redonda sobre o tema "Diálogos negros: a importância da Lei nº 10.639 na luta antirracista”. O evento será por meio do canal do YouTube da Unidade (https://youtu.be/JoJsDNqSd3g), com mediação da professora Adriana Severo Rodrigues. O encontro integra a programação das atividades do Novembro Negro da unidade e contará com os debatedores: Simone Maria dos Santos Ribeiro, Daiane Cruz, Evani Santana Quirino e Matheus Borges. A mesa-redonda contará com interpretação em Libras da intérprete e tradutora Marina Ribeiro Greco.

 

Justa homenagem

Celso Aquino Ribeiro foi homenageado pelo TRT 3ª Região- Vara do Trabalho de Divinópolis que agora leva o nome do advogado trabalhista, militante comunista, combatente e resistente da ditadura militar, uma vida atravessada pela prisão e pela tortura do regime. A decisão da homenagem foi há algum tempo já, mas a placa com letreiro onde destaca o nome de Celso Aquino foi colocada na frente da instituição nesta semana.

 

Comentários
×