Cmei contará com sistema de captação de água da chuva em Divinópolis

Da Redação

Secretaria Municipal de Educação (Semed) informou que o Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Maria da Conceição Fernandes receberá R$ 12 mil como resultado da aprovação do projeto Captação e Aproveitamento da Água da Chuva: o caminho para uma escola sustentável e econômica, segundo o Edital nº 01/2022 da Vara de Execuções Penais da Comarca de Divinópolis.
 
O resultado da seleção pública de projetos de entidades públicas ou privadas sem fins lucrativos foi apresentado na quinta-feira, 12, no Salão do Júri do Fórum. A reunião contou com Francisco Corrêa, juiz titular da Vara de Execuções Penais, Marco Aurélio de Carvalho, promotor de justiça atuante na vara, e representantes das entidades contempladas.
 
A obtenção do recurso, disse a diretora Meire Cristina dos Santos, permitirá ao Cmei instalar reservatórios adicionais na escola para solucionar problemas associados à falta de água para higienização e consumo das crianças, diminuir o consumo de água tratada usando a água de chuva para a limpeza geral de piso e descargas sanitárias e ao mesmo tempo solucionar problemas de infiltração e drenagem pluvial no telhado da escola.
 
—As crianças pequenas, entre 2 e 5 anos, geralmente não podem regular o fluxo de água da torneira— disse Santos.

—Embora o tema da economia de recursos seja trabalhado pelos educadores, o desperdício acaba por ocorrer porque as crianças ainda aprendem a ir ao banheiro e lavar as mãos por si mesmas— concluiu.
 
A unidade escolar tem grande área coberta por telhados e está integrada ao posto de saúde local, que é parte da mesma edificação. Os telhados integrados têm galeria que recolhe a maior parte da água de chuva que deles escorre.
 
Sistema
 
O volume de água recebido na galeria dirige-se a duas tubulações de drenagem que desembocam no piso do pátio da escola. Para captar a água pluvial, calhas serão instaladas para direcionar a água ao depósito existente, e em seguida a água será bombeada às caixas no telhado. A água capitada será exclusivamente usada para limpar piso e descargas, que são com frequência usadas pelas crianças nos banheiros.
 
Para economizar água potável, torneiras automáticas com controle de fluxo e ativação automática serão instaladas para reduzir o desperdício de recursos hídricos nos lavatórios que as crianças usam. A instalação de torneiras automáticas permitirá ajustar a vazão de água unicamente em função do tempo e da quantidade necessários para a higiene das mãos.
 
Outra proposta é automatizar o sistema de bombeamento de água desde o depósito até as caixas do telhado mediante sensores de níveis que, ao captar o volume de água no depósito, acionariam o dispositivo para ligar a bomba automaticamente, o que tornaria o sistema ainda mais prático e eficaz.

Comentários
×