Chuvas atrapalham o Rural

Terceira rodada do torneio foi adiada para maio

José Carlos de Oliveira

As fortes chuvas que caíram na cidade nos últimos dias atrapalharam os planos de muita gente e no Campeonato Amador de Futebol Rural a situação não foi diferente. Toda a rodada de número 3, que tinha seus jogos marcados para o sábado, 12, e o domingo, 13, foi adiada pela organização, em comum acordo com os representantes dos times que participam da competição

As partidas foram remarcadas para o sábado, 7 de maio. Depois de alguns anos sendo organizado pelas próprias comunidades, o Campeonato Rural 2021/22 – o maior e mais concorrido torneio de futebol amador da região Centro-Oeste de Minas Gerais , volta a ser promovido pela Prefeitura de Divinópolis, sob os cuidados da Secretaria Municipal de Esportes e Juventude (Semej).

Novamente sob a responsabilidade da Semej, a edição desta temporada do campeonato tem agradado e muitos aos representantes de times e aos moradores das comunidades rurais, que têm comparecido em bom número para acompanhar as partidas e apoiar seus times. 

O diretor de Esportes da Semej, Weslley Oliveira, destacou a adesão da população das comunidades nos duelos das duas rodadas até aqui realizadas.

— Estamos vendo bom público nos jogos deste campeonato. A previsão é que esse sucesso se mantenha ou aumente nas próximas rodadas — festejou ele.

 

Chuvas

Todos os jogos da Copa Rural estão acontecendo nos campos das comunidades mandantes das partidas. Com as chuvas, muitos deles ficaram em péssimas condições, além das estradas que ligam as comunidades também sofrerem com o excesso de água. No entanto, os próprios representantes de times, juntamente com o departamento de obras da Prefeitura, têm trabalhado firme para deixar os campos em condições de receber as partidas.

 

O torneio

O Rural de 2021/22 é disputado por 14 equipes, que foram divididas em dois grupos, com sete times cada. Na chave A estão as equipes de Amadeu Lacerda, Pedregal (Ermida), Córrego Falso, Cacoco de Baixo, Cacoco de Cima, Lavapés e Quilombo 2. Já a chave B é formada pelos times dos Branquinhos, Costas, Primavera (Ermida), Quilombo 1, Lopes, Choro e Buritis.

Na primeira fase, classificatória, as equipes se enfrentam dentro de seus respectivos grupos, em turno e returno passam às quartas de final apenas as quatro melhores de cada grupo.

A partir da segunda fase, os duelos serão eliminatórios, em jogos de ida e volta, sem vantagem para nenhuma equipe ‚Äí isso se repete até o confronto final entre os dois melhores do torneio. Ficou definido ainda que nenhum time carrega os resultados de fases anteriores não há, portanto, vantagens para nenhum dos lados nos duelos das quartas, semifinais e na grande final.

O regulamento inicial da competição, definido em conselho técnico, sofreu algumas alterações, em comum acordo entre a organização e todas as equipes participantes. Agora, nas quartas e semifinais, os times que tiverem a melhor campanha terão o direito ao mando de campo da segunda partida do mata-mata.

Já para os dois confrontos da grande final haverá sorteio na Semej, para se conhecer qual será a ordem dos dois duelos decisivos. A Secretaria até pensou em levar os dois jogos decisivos para o estádio Waldemar Teixeira de Faria, campo do Guarani, mas não houve consenso entre os representantes a maioria defendeu jogar em seus campos os duelos finais.

 

Quarta Rodada

Com a terceira rodada adiada para o mês de maio, o Campeonato Rural prossegue no próximo fim de semana, com os duelos da quarta rodada, que está assim definida: 

 

Sábado, 19

15h30 - Lavapés x Pedregal, campo do campista, em Santo Antônio dos Campos (Ermida)

 

Domingo, 20

9h30 – Cacoco de Cima x Amadeu Lacerda

9h30 – Cacoco de Baixo x Quilombo 2

9h30 – Choro x Costas

9h30 – Lopes x Branquinhos

9h30 – Quilombo 1 x Buritis

  • Folgam na rodada as equipes do Córrego Falso (Chave A) e do Primavera (Chave B)

 

 

Coment√°rios
×