Carnaval: “Não podemos permitir aglomeração neste momento tão crítico da pandemia”, alerta Zema

Governador afirmou que cabe aos prefeitos acompanhar e fiscalizar as festividades.

Matheus Augusto

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), garantiu o empenho das forças de segurança contra aglomerações no estado durante o Carnaval. 

— Deixamos claro que nossas forças de segurança darão total apoio para não ter aglomeração. Não podemos permitir aglomeração neste momento tão crítico da pandemia que estamos vivendo — alertou o governador.

Zema afirmou também que cabe aos prefeitos acompanhar e fiscalizar as festividades.

O chefe do Executivo estadual, que ainda se recupera da covid-19, falou ainda sobre a importância de não politizar a saúde e todos se vacinarem.

— Essa responsabilidade é de todas. Vacinas tem, para adultos e crianças. O que tem faltado é responsabilidade. Quem não tem, expõe as outras pessoas ao risco e atrapalhando o andamento do nosso trabalho — acrescentou.

Atualmente, citou Zema, o Estado vê um crescimento considerável de casos de covid-19. 

— Não está gerando morte, mas está gerando uma sobrecarga enorme no sistema de saúde, com afastamento de funcionários e escassez de medicamentos. Vacina tem, falta consciência — destacou.

Comentários
×