Candidatos já podem pedir votos e divulgar números de campanha

Prazo para registrar candidaturas terminou ontem; Divinópolis confirma 21 nomes na disputa

 

Bruno Bueno

Faltam menos de 50 dias para as eleições deste ano e a disputa deve esquentar nas próximas semanas. A partir de hoje, os candidatos já podem pedir votos e divulgar seus números de campanha.

O prazo para registrar candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) terminou ontem. Vinte e um candidatos com base em Divinópolis estão confirmados na disputa. São 12 postulantes a deputado estadual, oito para federal e um a senador. 

O número de candidatos deste ano é maior do que na disputa de 2018. Na oportunidade, 14 políticos de Divinópolis se lançaram à disputa, sendo seis para deputado estadual e oito para federal. Apenas dois foram eleitos.

Propaganda

A propaganda eleitoral está permitida a partir de hoje. Candidatos, partidos e coligações podem utilizar alto-falantes de 8h às 22h. A divulgação dos números de campanha está liberada. Comícios também estão permitidos, mas não podem infringir leis eleitorais. 

O ato de pedir votos já está autorizado, inclusive na internet. No entanto, a propaganda na rádio e TV só irá começar no dia 26 de agosto. Neste ano, o rádio e a televisão vão transmitir, de segunda a sábado, dois blocos diários de propaganda eleitoral gratuita. No rádio, o primeiro será transmitido das 7h às 7h25, e o segundo das 12h às 12h25. Na televisão, entre às 13h e às 13h25 e das 20h às 20h25.

Às segundas, quartas e sextas-feiras, o eleitor terá à disposição propagandas dos candidatos a senador, deputado estadual e governador. Serão 5 minutos para os postulantes ao Senado e 10 minutos para cada um dos outros cargos.

Registro

Venceu ontem o prazo para partidos políticos, federações e coligações solicitarem o registro de candidatos aos cargos em disputa nas eleições. Agora, os pedidos tramitam no Processo Judicial Eletrônico (PJe), sob a classe Registro de Candidatura (RCand).

— Segundo o calendário, 12 de setembro, 20 dias antes da data do primeiro turno, é a data-limite para que todos os pedidos de registro de candidatura – e eventuais recursos decorrentes do processo – tenham sido devidamente processados, examinados e julgados pelos respectivos tribunais eleitorais — informou o TSE em nota.

O prazo para que partidos providenciem a abertura de conta bancária específica destinada ao recebimento de doações de pessoas físicas para a campanha eleitoral também se encerrou ontem.

— Finaliza também nesta segunda o prazo para os partidos políticos encaminharem ao TSE os critérios definidos pelos órgãos de direção nacional para utilização, nas campanhas eleitorais, das doações recebidas de pessoas físicas ou das contribuições de filiados e filiadas recebidas em anos anteriores ao da eleição — completou o órgão.

Os nomes

Todos os nomes deste ano já foram registrados no TSE e estão confirmados na disputa. Destes, cinco são vereadores: Diego Espino (PSC) e Flávio Marra para deputado federal, além de Eduardo Azevedo (PSC), Josafá Anderson (CDN) e Lohanna França (PV) para deputado estadual. 

A lista ainda tem nove nomes para deputado estadual: Dr. Delano (PRTB), Flávia Gontijo (SD), Leonardo Antônio (Novo), Luciana Santos (PSD), Professor Adair (PP), Roberto Ribeiro (Republicanos), Silvano Lopes (PMN), Thay Araújo (PT) e Valéria Morato (PC do B).

Outros seis nomes são candidatos a deputado federal: Domingos Sávio (PL), Fabiano Tolentino (PSC), Gleide Andrade (PT),  Laiz Soares (SD), PC Produções (CDN) e Sargento Elton (PMN). 

Cleitinho Azevedo (PSC) tenta ser o primeiro senador da região Centro-Oeste em toda a história.



Comentários
×