Candidatos arrecadam quase R$ 30 mil com vaquinhas virtuais

Três nomes de Divinópolis levantam recursos para campanha eleitoral através da internet; outros utilizam de recursos próprios ou recebem ajuda dos partidos

 

Bruno Bueno

Faltam 40 dias para as eleições deste ano e os candidatos correm contra o tempo para convencer os eleitores. Santinhos, adesivos e panfletos já são vistos em várias partes da cidade. Vale tudo para garantir o voto nas urnas. Apenas Flávio Marra (Patriota), postulante a deputado federal, ainda não iniciou sua campanha nas redes sociais. Os demais estão a todo vapor. Alguns pedem ajuda financeira para alavancar recursos da campanha. A reportagem fez um levantamento na tarde de ontem e descobriu que os candidatos de Divinópolis já arrecadaram quase R$ 30 mil em vaquinhas virtuais.

Cleitinho

O candidato ao Senado, Cleitinho Azevedo (PSC), lidera a lista. Até o fechamento desta página, por volta das 17h30, ele havia arrecadado cerca de R$ 12 mil. O valor, no entanto, representa menos de 5% da meta estipulada pelo deputado, que busca arrecadar, até o fim da campanha, R$ 300 mil.

Números do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostram que o partido do qual Cleitinho é filiado tem direito a  R$ 76,2 milhões do fundo eleitoral. Um candidato ao Senado pode gastar até R$ 5,3 milhões nas eleições deste ano. 

Contudo, o Cleitinho já disse publicamente que não vai utilizar recursos provenientes do fundo eleitoral ou partidário.

Laiz 

Outras duas candidatas também criaram vaquinhas virtuais para levantar recursos. Laiz Soares (SD), que tenta uma vaga como deputada federal, arrecadou, até o fechamento desta página, aproximadamente R$ 7,8 mil. Ela está próxima da meta inicial, que busca levantar R$ 10 mil até o fim da campanha.

O partido de Laiz tem direito a R$ 112,2 milhões do fundo eleitoral. Um candidato a deputado federal pode gastar até R$ 3.176.572,53 nas eleições deste ano. Ela ainda não divulgou publicamente se utilizará parte deste recurso.

Candidata à deputada estadual, Lohanna França (PV) também pediu a ajuda de apoiadores para angariar recursos da sua campanha. Ela já arrecadou cerca de R$ 8 mil. Sua meta inicial também é de R$ 10 mil.  

Lohanna divulgou nas redes sociais que sua vaquinha alcançou pessoas de cinco estados diferentes, 30 cidades em Minas Gerais e mais de 100 doadores.

A legenda da vereadora tem direito a R$ 50 milhões do fundo eleitoral. O limite de gastos para candidato a deputado estadual é de R$ 1.270.629,01. Ela também não divulgou publicamente se utilizará ou não os recursos.

Regras

De acordo com regulamentação do TSE, o valor máximo de doação é de R$ 1.064,09 por dia. As doações realizadas por pessoas físicas são limitadas a 10% dos rendimentos brutos auferidos pelo doador no ano-calendário anterior à eleição.

Os doadores devem ser identificados com nome completo. Além disso, o valor das quantias doadas individualmente, forma de pagamento e as datas das respectivas doações também deve ser divulgado.

Outras receitas

Dois candidatos de Divinópolis prestaram contas sobre seus recursos para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Até o momento, eles não criaram vaquinhas virtuais. 

Leonardo Antônio (Novo), que tenta uma vaga para deputado estadual, declarou ter recebido R$ 6.500,00 da direção estadual do seu partido. Eduardo Azevedo (PSC), postulante ao mesmo cargo, afirmou ter utilizado cerca de R$ 33 mil para sua campanha. O valor, segundo consta, parte de recursos próprios do vereador.

Ambos já afirmaram publicamente que não vão utilizar recursos do fundo eleitoral. O partido de Eduardo tem direito a R$ 76,2 milhões, enquanto o de Leonardo abriu mão dos recursos nas eleições deste ano.

Candidatos

Divinópolis tem 21 candidatos nas eleições deste ano. São 12 nomes para deputado estadual: Dr. Delano (PRTB), Eduardo Azevedo (PSC), Flávia Gontijo (SD), Josafá Anderson (PSC), Leonardo Antônio (Novo), Lohanna França (PV), Luciana Santos (PSD), Professor Adair (PP), Roberto Ribeiro (Republicanos), Silvano Lopes (PMN), Thay Araújo (PT) e Valéria Morato (PC do B).

Além disso, oito são candidatos a deputado federal: Diego Espino (PSC), Domingos Sávio (PL), Fabiano Tolentino (PSC), Flávio Marra (Patriota), Gleide Andrade (PT), Laiz Soares (SD), PC Produções (CDN) e Sargento Elton (PMN).

Cleitinho Azevedo (PSC) tenta ser o primeiro senador de Divinópolis e da região Centro-Oeste.

Comentários
×