Câmara tem dois projetos em pauta

Reunião começa às 14h; acompanhe tudo pelas redes sociais do Agora

 

Da Redação

Os vereadores se reúnem hoje, a partir das 14h, com dois projetos em pauta. É possível que, durante a votação, novas proposições sejam incluídas, caso haja apoio dos parlamentares. Cumprido o período de sobrestamento, volta à Ordem do Dia o texto que autoriza a doação de materiais apreendidos pela fiscalização. Em seguida, os edis devem votar a homenagem, em nome de rua, a Augusto Justiniano de Figueiredo. 

 

Voltou

Após pedido de vistas de Israel da Farmácia (PDT), retorna à pauta o PL CM 128/2021, apresentado por Hilton de Aguiar (MDB). O texto autoriza a doação de determinados produtos apreendidos por situação irregular ou contrabando a instituições filantrópicas e de caridade em Divinópolis. 

Poderão ser doados: brinquedos, roupas, calçados, materiais escolares e artigos esportivos que forem apreendidos em virtude de situação irregular ou contrabando. Os produtos devem ser encaminhados às instituições devidamente regularizadas junto à Prefeitura no prazo de até 120 dias. 

Em sua justificativa, Hilton argumenta que tais objetos são frequentemente apreendidos, porém, atualmente, são encaminhados para incineração ou entregues às marcas que tiverem seus produtos pirateados.

— Todavia, este não é o melhor destino que o Poder Público pode providenciar a essas mercadorias. A doação desses produtos a entidades que auxiliam pessoas carentes poderá oferecer uma vida mais digna a uma parcela da população que nem mesmo os produtos falsificados teriam condições de adquirir — defende Hilton.
Para ele, a doação pode melhorar o bem-estar da população carente.

— Não podemos permitir que mercadorias continuem sendo descartadas enquanto ainda existem tantas pessoas/órgãos necessitadas(os) em Divinópolis — cita.

 

Rua

Segundo projeto na Ordem do Dia, o CM 222/2021, de Wesley Jarbas (Republicanos), denomina “Augusto Justiniano de Figueiredo” a Rua 15, no bairro Residencial Boa Vista. 

Nascido em 1919 e natural de Cláudio, explica o edil, Augusto foi “um dos responsáveis pela fundação do bairro Esplanada”, além de ser um dos primeiros moradores da região.

— Homem conhecido, muito sábio, com habilidades de liderança e respeitado por muitos, possuindo características essenciais para um bom vereador naquela época, foi convidado diversas vezes por Galileu Machado para ser vereador de Divinópolis. Mas nunca aceitou os convites, pois precisava dedicar-se à sua família e ao seu trabalho na ferrovia — acrescentou.

O homenageado morreu em 2016, aos 96 anos, de câncer de pulmão.

— Foi um grande homem que deixou um legado por onde passou — argumenta o vereador. 

 

Comentários
×