Blindagem otimista

Blindagem otimista

Ômar Souki

Em uma de suas palestras, o autor Eckhart Tolle nos adverte sobre a influência negativa que a grande mídia e a mídia social podem exercer sobre nós. São notícias que mexem com as nossas emoções e desviam o nosso foco. Estimulam o pensamento negativo e debilitam nossa energia pessoal. Quando nos deixamos dominar por essas forças mentais, desviamos a nossa atenção das nossas atividades positivas. Assim como evitamos circular por áreas infestadas por vírus biológicos, devemos também nos proteger dos vírus mentais espalhados pelo rádio, pela televisão, pelos jornais, e pela Internet em geral: YouTube, WhatsApp, Facebook, Instagram etc.

Assim que a Rússia invadiu a Ucrânia, eu acompanhava diariamente o desenvolvimento da guerra. Deixava que os meus pensamentos e emoções girassem em torno das atrocidades daquela situação. Era algo debilitante. Resolvi, então, fazer jejum daqueles noticiários e passei a orar com mais frequência pela paz nas pessoas e no mundo. Percebi um aumento significativo de minha energia para o trabalho intelectual, para o exercício físico e para a oração.

 

Alguns recursos que nos ajudam nessa blindagem otimista são os seguintes: a leitura de bons livros, a escolha de boas conversas e a oração. São Paulo nos sugere: “...fortaleçam-se no Senhor e na força do seu poder. Vistam a armadura de Deus para poderem resistir às manobras do diabo. A nossa luta, de fato, não é contra homens de carne e osso, mas contra os principados e as autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra os espíritos do mal, que habitam as regiões celestes. Por isso, vistam a armadura de Deus para que, no dia mau, vocês possam resistir e permanecer firmes, superando todas as provas” (Efésios 6, 10-13).

A construção dessa “armadura de Deus” passa pelo cultivo do otimismo, isto é, do fortalecimento do nosso foco positivo. Ter a convicção de que Deus é maior do que os problemas que afligem a humanidade. Quando substituímos os pensamentos negativos por positivos, estamos contribuindo para que aumente a energia mental positiva no mundo. Passamos a fazer parte da solução e não do problema. Além disso, criamos à nossa volta um campo de energia positiva, uma blindagem otimista, que não só contribui para o nosso crescimento pessoal, mas também para o bem-estar da humanidade inteira.     

 

[email protected] 

Comentários
×