Alterados locais e datas de vacinação em Divinópolis

Principal mudança é fechamento de um dos drive-thrus

 

Matheus Augusto

O calendário de vacinação contra covid-19 em Divinópolis está em fase de reestruturação. A Prefeitura divulgou ontem novas alterações. Um dos motivos das mudanças é o encerramento do drive-thru do Divinópolis Clube. Com isso, quem agendou a imunização no local foi realocado para a sede do Executivo. 

 

Pfizer

Em nova orientação, a Prefeitura informou que os moradores com segunda dose da Pfizer agendada para 29 de outubro e 1º de novembro devem procurar hoje, no mesmo horário previamente agendado, o drive-thru do Centro Administrativo para se imunizarem.

O horário de funcionamento da unidade (avenida Paraná, 2.777, no bairro São José) é das 8h às 16h. 

Quem está com a segunda dose em atraso também pode procurar o ponto de imunização acima durante o dia de hoje.

 

CoronaVac

Outra alteração afeta, desta vez, quem está com a segunda dose de CoronaVac agendada para esta quinta-feira, 21, no Divinópolis Clube. Apenas o local mudou, passando para o Centro Administrativo. O horário agendado não sofreu alteração e, por isso, os moradores devem respeitar o cadastro.

Segundo a Prefeitura, o horário de funcionamento será das 8h às 12h.

 

O que levar?

Em todos os casos, os documentos necessários para a vacinação são: documento de identidade com foto, cartão SUS, cartão da unidade de saúde, comprovante de endereço e cartão de vacina.

 

Fechamento

O drive-thru do Divinópolis encerrou suas atividades no último sábado, 15. A partir desta semana, a cidade conta com apenas dois pontos de vacinação: Centro Administrativo e Pátio da Emop. A Prefeitura justificou que, com o avanço da imunização e a consequente queda da demanda, não havia mais necessidade de manter três pontos.

As tendas para aplicação de doses montadas no estacionamento do clube estavam em funcionamento desde abril. Dados da Secretaria de Saúde (Semusa) apontam que 84 mil divinopolitanos foram vacinados na unidade recém-desmontada.

Em evento no local, a vice-prefeita Janete Aparecida (PSC) agradeceu a cessão do espaço.

— Divinópolis Clube é um grande parceiro. Emprestou o espaço e ainda pagou o aluguel das tendas. Em um momento de extrema importância e histórico, o Divinópolis Clube abriu as portas para contribuir com a vacinação. A equipe de vacinação teve um papel fundamental ajudando a vacinar os divinopolitanos — destacou a vice-prefeita.

 Já o gestor-executivo do clube, Sérgio Ricardo Bueno, citou a confiança da Prefeitura em instalar a estrutura no espaço.

— É uma responsabilidade grande. Agradecemos a confiança que a Prefeitura nos depositou e contribuímos para salvar vidas — disse Bueno, que recebeu um certificado de agradecimento assinado pelo prefeito de Divinópolis, Gleidson Azevedo (PSC).

 

Onda

Por mais uma semana, Divinópolis, assim como a maior parte do estado de Minas Gerais, permanece na onda verde do Minas Consciente. A macrorregião Oeste, da qual o município faz parte, reduziu sua pontuação de oito para quatro; já a micro saiu de sete para quatro.

Dois pontos foram destacados na última sexta durante a reunião semanal do Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19: a volta às aulas e o passaporte da vacina. Sobre o primeiro ponto, ficou definida a já anunciada flexibilização nas aulas presenciais. Agora, o distanciamento mínimo entre as mesas é de 90 centímetros. As demais medidas de prevenção continuam em vigor.

Sobre a possibilidade de adotar o passaporte da vacina, modelo que permite a adoção de entrada em eventos e outros espaços apenas mediante a comprovação da vacinação, não haverá regramento para essa situação. Segundo a Prefeitura, a apresentação do documento oficial de imunização não será obrigatória, mas o promotor do evento pode solicitar. 

— Durante toda a pandemia, pela primeira vez, tivemos uma significativa queda de casos confirmados e notificados, um grande avanço para a prevenção da covid-19. Mesmo com os números baixos, para continuarmos prevenindo de forma eficiente é fundamental que toda população continue em alerta — orientou a Prefeitura.

Irregularidades podem ser denunciadas pelo WhatsApp da Vigilância Sanitária (9.9111-0030) ou pelo aplicativo App Divinópolis. 

Comentários
×