Abertura do Campeonato Rural é adiada para o fim de janeiro

Fortes chuvas que caem na região impedem a realização dos jogos nas próximas semanas

 

José Carlos de Oliveira

As fortes chuvas que atingem todo o estado de Minas Gerais nas últimas semanas causam uma série de transtornos para a população em geral, e o futebol também sofre prejuízos com o excesso de água dos últimos dias. O Campeonato Rural de Divinópolis, que seria iniciado no próximo fim de semana, teve sua abertura novamente adiada e a princípio deve começar no fim deste mês. Com os temporais, as estradas que levam às comunidades rurais estão praticamente intransitáveis e alguns campos, onde seriam realizadas as partidas, também estão alagados e só devem estar em condições de receber os jogos quando o tempo melhorar.  

 

Comunidades ilhadas

O excesso de água que desce pelas encostas danificou as estradas que levam às comunidades, e hoje algumas delas estão completamente ilhadas, sem condições de tráfego de veículo de qualquer espécie. Impossível chegar ou sair de muitas delas. Estão todas esburacadas e será necessário intervenções e obras para que voltem a ter condições de tráfego. Além disso, pontes estão submersas e a lama desce pelos morros levando tudo que encontra pelo caminho. 

Os campos, em algumas comunidades, também sofrem com o excesso de chuva, e somente quando o sol aparecer será possível saber o tamanho do estrago, mas os responsáveis já sabem que terão muito trabalho para colocá-los em condições de receber os jogos.

 

O Rural

O maior e mais concorrido campeonato de futebol amador da região Centro-Oeste deve ter o pontapé na última semana de janeiro, com jogos nos dias 29 e 30. Novamente sob a organização da Prefeitura de Divinópolis, através da Secretaria Municipal de Esportes e Juventude (Semej), o torneio está previsto para ser aberto no sábado, 29 de janeiro, com uma partida isolada. Enfrentam-se a partir das 15h30 as equipes das comunidades rurais do Córrego Falso e do Lava-Pés. Os demais jogos da primeira rodada acontecem no domingo, 30 de janeiro, às 9h30.

O torneio estava previsto para começar ainda em 2021, para atender a dispositivo de emenda parlamentar do deputado Domingos Sávio (PSDB), que liberou verba para a realização da competição, mas acabou sendo adiado várias vezes, por motivos diversos. Remarcado para o início deste ano, teve sua rodada de abertura novamente adiada, em pelo menos duas semanas.

 

Regulamento

O Rural será disputado por 14 equipes, que foram divididas em dois grupos, com sete times cada. Na chave A estão as equipes de Amadeu Lacerda, Pedregal (Ermida), Córrego Falso, Cacoco de Baixo, Cacoco de Cima, Lava-Pés e Quilombo 2. Já a chave B é formada pelos times dos Branquinhos, Costas, Primavera (Ermida), Quilombo 1, Lopes, Choro e Buritis.

Na primeira fase, classificatória, as equipes se enfrentam dentro de seus respectivos grupos, em turno e returno. Passam às quartas de final as quatro melhores de cada grupo.

A partir da segunda fase, os duelos serão eliminatórios, em jogos de ida e volta, sem vantagem para nenhuma equipe ‚Äí isso se repete até o confronto final entre os dois melhores do torneio. Ficou definido ainda pelo conselho técnico que nenhum time carrega os resultados de fases anteriores, não havendo, portanto, vantagens para nenhum dos lados nos duelos das quartas, semifinais e na grande final.

Nas quartas e semifinais, os times que tiverem a melhor campanha terão o direito ao mando de campo da segunda partida do mata-mata. Já para os dois duelos da grande final, haverá sorteio na Semej, para se conhecer qual será a ordem dos dois duelos decisivos.

 

Primeira rodada

Agora, remarcada para os dias 29 e 30 de janeiro, a primeira rodada está assim definida:

 

Sábado, 29/01

15h30 – Córrego Falso x Lava-Pés

 

Domingo, 30/1

9h30 – Amadeu Lacerda x Cacoco de Baixo; Pedregal x Cacoco de Cima; Branquinhos x Quilombo 1; Costas x Lopes; Primavera x Choro. 

Folgam na rodada de abertura os times dos Buritis e do Quilombo 2.

 

Coment√°rios
×