A poesia e a arte por toda parte

COLETIVO ARTEFERIA

A poesia e a arte por toda parte

 

O que é?

O Coletivo Arteferia é um movimento de poetas da cidade de Divinópolis, criado em 2019, quando alguns desses poetas participaram de uma oficina de rimas e resolveram criar seu próprio coletivo com maior amplitude de gêneros e de integrantes. 

O nome foi proposto por uma participante do Coletivo e significa “ARTE NA PERIFERIA”, sendo seu principal objetivo levar a poesia para o maior número de pessoas, sobretudo da periferia, e ser também um veículo para a poesia popular.

Com encontros mensais, presenciais e virtuais, o Coletivo Arteferia, que congrega mais de vinte poetas e amantes da poesia, divulga e apoia principalmente autores poetas da Cidade do Divino. Essa divulgação é realizada por meio do Fanzine Arteferia ou das intervenções poéticas em espaços diversos.

Realizações do Coletivo

Ao longo destes três anos, o Coletivo Arteferia já realizou intervenções em diversos espaços da cidade. Já estiveram no Mercado Municipal (nos bares), na Semana Cultural da Uemg Divinópolis, na Virada Cultural organizada pela Boutique do Livro e Prefeitura Municipal (08/03/2020), e na Noite da Poesia da Biblioteca Municipal Ataliba Lago. 

Em abril de 2021, na Boutique do Livro, o Coletivo realizou um Sarau Poético Virtual apoiado pela Lei Aldir Blanc, com poemas dos integrantes do grupo e autores nacionais!

Participou também de um Sarau Virtual na Uemg de Cláudio, em parceria com a Academia Divinopolitana de Letras (ADL), que tem Flávio Ramos como presidente, e a Boutique do Livro, sendo homenageada a poeta fluminense Roseana Murray com seu e-book “Montanha para Andarilhos”.

Ainda naquele ano, participou de manifestações políticas com distribuição de fanzines e declamação de poemas em praças e ruas da cidade.

Uma inovação do grupo foi levar um Sarau de poesias para dentro de um espaço particular comercial, integrando as atividades culturais daquele momento, com a exposição de poemas e gravuras de Cláudio Guadalupe e Marcos Alves de Almeida e a performance musical do artista Grillo.

 

Planos para 2022

Em 2022 o Coletivo continua a todo vapor. Em fevereiro, lançou sua sétima edição do fanzine literário, realizou duas lives sobre poesia – Thiago de Mello e o poeta Manuel de Barros (ambas em parceria com a Sociedade Literária) e, em março, participará no Dia Mundial da Poesia, comemorado em 21/03, na Câmara de Divinópolis, com um sarau e uma exposição de fotos, poemas do Coletivo Arteferia, no espaço GTO, entre os dias 21 e 25 de março de 2022.

Ainda para este ano, o grupo vem buscando parcerias com a Academia Divinopolitana de Letras, com a Secretaria Municipal de Cultura (Semc), a Secretaria Municipal de Educação (Semd) e outras organizações sociais para ampliar suas ações culturais em prol da poesia! 

E mais... O Coletivo vem se preparando para participar de editais culturais com objetivo de ampliar ainda mais o alcance de seus fanzines.

Para quem não sabe o que é fanzine, Cláudio Guadalupe traz a definição: “é o nome dado a publicações rápidas e de forma mais democrática de se chegar textos da literatura marginal dos anos 70 aos leitores, sobretudo jovens e estudantes”. E completa dizendo que “os movimentos poéticos e estudantis sempre utilizaram muito esse meio de comunicação para driblar a censura e as editoras”.

Para acompanhar o Coletivo, siga a página @coletivo.arteferia

Coment√°rios
×