A cultura em ser criança

A cultura em ser criança 

Você já se perguntou como é ser criança nos dias de hoje?  Sim, eu falo com você, adulto, que tem uma criança possivelmente adormecida dentro de você. Aquela criança que você foi, que seus amigos foram e que foram referências em sua infância, você se lembra? Você deixa ela sair de vez em quando? Ou você reprime ela, tem vergonha de deixá-la aparecer? Ou você se permite sê-la em algumas ocasiões?

E quando você olha para as crianças de hoje, será que pensam, agem, se comportam ou mesmo sabem da cultura em ser criança 20, 30, 40 anos atrás? Quando, para a maioria de nós (adultos), a única preocupação que nos afligia eram os famosos gritos que se ouviam no fim da tarde: “Hora de entrar, já está de noite, vai para o banho, menino(a), quer que eu vá te buscar aí? A janta tá pronta”, entre outros. 

Em nossa infância, não nos preocupávamos com marca nem modelo de celular, não tínhamos computador, videogame era só de vez em quando para não gastar, reuníamos para jogar bola, brincar de esconder,  ver filmes da sessão da tarde, tomar suco, ir na quermesse, casamento ou aniversário de alguém,  e domingo era almoço na casa da avó. Essa era nossa rotina. 

Os assuntos adultos, sérios e preocupantes, deixemos para os adultos, para nossas crianças de hoje e de amanhã, que seja permitida, incentivada e cultivada simplesmente  a cultura de “ser criança”. 

 

Livro da Semana

Eu não poderia deixar de indicar o meu livro, sim, o meu livro, que lançarei dia 16 próximo, às 10h, na Boutique do Livro.

Com texto meu e ilustrações de Fábio Fernandes, o livro “Jeca Tatu Vai Acampar" será lançado em Divinópolis.

Sobre a obra: com sua quase nenhuma disposição ao trabalho, Jeca Tatu é o típico preguiçoso, mas adorável e cativante personagem. 

No livro, Jeca Tatu resolve levar sua família para acampar. Ele, seu cachorro, sua esposa (Maria) e sua filha (Aninha) passarão por aventuras divertidas na floresta ao se depararem com a Dona Onça, e o pretendente de Aninha, o Tião. 

Jeca e seu cachorro desenvolvem diálogos de muita descontração, uma história que se desenvolve de forma agradável, pitoresca e divertida. 

A prevenção e um alerta sobre a dengue são abordados de forma sutil, mas pertinente nessa aventura. 

A Boutique do Livro se localiza à avenida Antônio Olímpio de Morais, 487, Centro, Divinópolis.

 

Trechos de poemas e frases sobre criança.

Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz.

(Platão)

 

O amor é como a criança: deseja tudo o que vê.

(William Shakespeare)

 

Eu quero ser criança 

Na essência, pureza e inocência 

Uma nascente fluente, permanente de esperança

Que, diante da sofrência, brinca, sorri e dança. 

(Welber Tonhá)

 

O estudo em geral, a busca da verdade e da beleza são domínios em que nos é consentido ficar crianças toda a vida.

(Albert Einstein)

 

Tem pauta para sobre a cultura? Envie para [email protected]

Welber Tonhá e Silva 

Historiador, escritor, pesquisador, fotógrafo e fazedor cultural.

Instagram: @welbertonha



Comentários
×