'Vergonhoso', diz vereadora sobre subsídio aprovado para a TransOeste

Empresa receberá ajuda mensal da Prefeitura para auxiliar custos no transporte coletivo

Da Redção

Vergonhoso. Assim a vereadora Lohanna França (PV) definiu sua indignação a aprovação do Projeto de Lei que dará R$600 mil de subsídio para a Transoeste. O projeto foi aprovado no mês passado e o discurso feito na última quinta. A empresa receberá um auxílio mensal para ajudar nos custos do transporte coletio de Divinópolis.

— Foi falado que esse dinheiro vai vir do Governo Federal, mas isso não está escrito em lugar nenhum do projeto, eu não sei de onde tiraram isso! Outra coisa que foi dita, é que esse recurso aumentaria o salário dos cobradores, mentiram para sensibilizar a população, pois não está escrito em lugar nenhum do projeto que esse recurso será usado para aumento de salário, está escrito que é para bancar as gratuidades. Disseram que o projeto foi para não aumentar o valor da passaginha, mas o prefeito não apresentou nenhum acordo judicial entre ele e a Transoeste, a ação que a concessionária está movendo pedindo o aumento da passagem e a qualquer momento o consórcio pode ganhar — disse.

A vereadora também questionou o descumprimento da Lei 8.967/2022, de sua autoria, que obriga o transporte público a divulgar a composição do custo da tarifa, pontuando que até o momento, a divulgação não está acontecendo.

 

Comentários
×