Vacinação de rotina será suspensa até o dia 15 de abril

 

Da Redação

Com o cenário epidemiológico de pandemia global, o ministério da Saúde divulgou nesta terça-feira, 24,, a suspensão de vacinas rotineiras até o dia 15 de abril, com o objetivo de priorizar o atendimento restrito para a imunização dos grupos de risco contra a gripe Influenza H1N1.

Nesta primeira fase, que começou na segunda feira, 23, os públicos prioritários são idosos e trabalhadores de saúde. As vacinas foram suspensas para adultos e crianças, a fim de evitar aglomerações entre os grupos, que ocasionariam a disseminação do novo Covid-19.

Com a finalidade de não aglomerar diferentes públicos, foram separados os horários de atendimento. Das 8h às 10h30 e entre 15h e 16h30, o serviço é exclusivo para idosos, e das 13h30 às 15h o atendimento é exclusivo para agentes de saúde.

A segunda fase de vacinação começará no dia 16 de abril. Os públicos prioritários serão os professores das escolas públicas e privadas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e profissionais das forças de segurança e salvamento.

A terceira e última etapa, terá início em 9 de maio atendendo crianças de 6 meses a menores de seis anos de idade, gestantes e puérperas (que se encontram no período de pós-parto), povos indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adultos de 55 a 59 anos e pessoas com deficiência física.

O secretário Municipal de Saúde, Amarildo de Sousa, afirma que não se pode deixar de tomar todas as medidas cabíveis para combater o mais rápido possível a contaminação do coronavírus.

― Essa divisão vai evitar aglomerações nas três etapas de vacinação de toda a população ― concluiu.

Comentários
×