Suspeito do desaparecimento de companheira é preso

Da Redação

A Polícia Civil (PC) prendeu, ontem, um homem, suspeito do desaparecimento de sua companheira, de 32 anos. A prisão é temporária, válida por 30 dias. Caso não haja novidades no caso, a decisão pode ser prorrogada por mais 30.

Relembre o caso

Desde o dia 5 de janeiro deste ano, a PC investiga o desaparecimento da mulher. De acordo com informações, no último dia em que foi vista, ela chegou a enviar um áudio com pedido de socorro para uma pessoa próxima. A delegada Maria Gorete Rios, responsável pela Delegacia da Mulher, revelou na época que no áudio a mulher desaparecida afirma que alguém estava tentando matá-la.

A desaparecida é residente de Divinópolis, mas trabalha em Santo Antônio do Monte.

Durante os primeiros passos da investigação, o principal suspeito era o companheiro da mulher, que tem três filhos com ela. De acordo com informações, há pouco mais de um ano, o companheiro da vítima supostamente teria sequestrado o próprio filho, no intuito de se vingar da desaparecida.

Na época, o companheiro afirmou que só havia pegado a criança para passar alguns dias com ela. Todavia, a mãe da criança estava sofrendo ameaças e, tempos antes de seu desaparecimento, as ameaças voltaram.

A perícia irá fazer testes em roupas que foram encontradas durante apuração da PC para apurar possibilidade de pistas.

Enquanto o caso não é solucionado, os filhos do casal, atualmente estão aos cuidados do avô.

 

Comentários
×