Settrans implanta a 15ª travessia elevada no Centro e não constrói a da Magalhães Pinto - I

 

Há tempos, moradores e comerciantes da avenida Magalhães Pinto vêm pedindo à Secretaria de Trânsito e Transporte (Settrans) que construa uma “lombofaixa” em frente ao supermercado ABC, na altura do número 630. O pedido se justifica porque o movimento de pedestres atravessando a avenida é intenso e porque esta passagem se enquadra no projeto da Settrans, que a constrói, prioritariamente, em áreas de grande circulação de pessoas e veículos.

A Prefeitura de Divinópolis implantou a 15ª travessia elevada na avenida Sete de Setembro com rua São Paulo, área central, e continua sem atender aos moradores do Niterói, que já apresentaram ao secretário Valdo Martinho, da Secretaria de Trânsito e Transporte, um abaixo-assinado com 300 signatários, reivindicando esta melhoria para o bairro.

 Settrans implanta a 15ª travessia elevada no Centro e não constrói a da Magalhães Pinto - II

 Os moradores do bairro Niterói querem a construção dessa travessia porque, segundo o gerente de Projetos e Trânsito da Settrans, Lucas Lopes, com a implantação da lombofaixa, o fluxo de trânsito melhora: “os motoristas serão obrigados a parar ou diminuir a velocidade para os pedestres”.

E se a Prefeitura construir na avenida Magalhães Pinto, 630, esta “lombofaixa” elevada e no mesmo nível da calçada, forçando a que o motorista reduza a velocidade, a sensação de segurança para os pedestres aumenta.

Será o que estão esperando a Settrans, por meio do gerente de Projetos e Trânsito, Lucas Lopes, e o secretário Valdo Martinho?

 Lá como cá!  Governador estrangula Prefeitura de Governador Valadares 

Confirmando a nossa tese de que o governador Fernando Pimentel (PT) está estrangulando as prefeituras, ao reter verbas estaduais a que elas têm direito, a Prefeitura de Governador Valadares decretou estado de calamidade financeira na área da saúde do município. O motivo é parecido com o que obrigou o prefeito Galileu Machado (MDB) a tomar essa medida em Divinópolis, também na saúde. Segundo o prefeito de Governador Valadares, André Merlo (PSDB), a razão foi a falta de repasses de verbas do Governo do Estado. Os atrasos ultrapassam R$ 43 milhões. Lá, as verbas estaduais, que ajudavam no custeio e na manutenção da Secretaria Municipal de Saúde, deixaram de chegar desde março de 2017.

Reposta do Governo Pimentel seria risível, se não fosse sinistra 

Sabe por que o Governo do Estado está atrasando os repasses para as prefeituras? Segundo nota oficial da Secretaria Estadual de Saúde (SES), porque, desde dezembro de 2016, o Estado de Minas Gerais também declarou ao Governo Federal calamidade financeira!  E conforme essa fonte, o Governo Temer-PMDB segura verbas a que o Estado de Minas tem direito. Insano Brasil!

Urina da gestante funciona como um antiabortivo 

Gerar um bebê é a realização completa para grande parte das mulheres. E aquelas que estão no início deste sonho podem ajudar muitas outras que enfrentam dificuldades para engravidar. Muita gente não sabe, mas para isso basta um ato muito simples. Gestantes até a décima oitava semana podem doar sua urina, de onde é extraído o hormônio chamado HCG, liberado pela placenta e que mantém a gravidez no início do desenvolvimento do embrião.

O HCG está presente nos primeiros meses de gestação e funciona como um antiabortivo. Devido às suas características, tem sido usado como matéria-prima na produção de medicamentos que combatem a infertilidade feminina.

Para estimular a doação de urina pelas mulheres grávidas, a vereadora Marta Costa (DEM), da Câmara Municipal de São Paulo, criou o Projeto de Lei 91-0146-2009, que “Dispõe sobre a realização da campanha sobre a importância de doação de urina pelas gestantes e dá outras providências”. Uma boa lei para Divinópolis, senhores vereadores!

Comentários
×