Quatro são presos suspeitos de tráfico de drogas em Maravilhas

Pollyanna Martins

Quatro pessoas foram presas na tarde de sexta-feira, 13, em Maravilhas. De acordo com a Polícia Militar (PM), várias denúncias anônimas foram feitas sobre um ex-presidiário que estaria traficando drogas no bairro Serra. Segundo a PM, uma operação foi montada com policiais militares de Maravilhas, Papagaios, com o reforço do GEPMOR, além de policiamento de motocicletas e outras equipes, para verificar as denúncias.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, os militares abordaram dois irmãos no local. Conforme disse a PM, Luiz Otávio Silveira e Getúlio Gustavo da Silva Cortes, de 19 e 21 anos respectivamente, tentaram fugir da abordagem, mas foram presos. A Polícia Militar informou que os suspeitos haviam jogado uma porção de maconha em um lote vago, mas a droga foi recolhida e apreendida. Uma garrucha foi encontrada no telhado do barracão existente no local. Segundo a PM, os policiais militares receberam a informação que os jovens vendiam drogas para um homem de 36 anos.

Os militares foram até a casa do ex-presidiário e encontraram no local um revólver calibre 32, com duas munições; em um lote vago próximo a casa do suspeito, a PM encontrou uma sacola semienterrada, com uma arma de fabricação caseira calibre 12, uma barra de maconha parcialmente consumida, além de 58 pinos de cocaína. A esposa do suspeito de tráfico, Graziele da Silva Santos, de 32 anos, chegou ao local no momento da busca, e foi presa, pois o revólver apreendido estava em sua casa. Os policiais constaram ainda que a mulher é inabilitada, e o veículo que ela chegou ao local estava com o lacre rompido.

De acordo com a PM, os militares continuaram a busca ao ex-presidiário e foram até uma casa na rua Antônio de Castro Duarte, onde encontraram uma porção de maconha com uma mulher de 29 anos. A mulher foi presa por uso de drogas. Ao todo, a polícia apreendeu três armas de fogo, quatro munições, 58 pinos de cocaína, 15 buchas e duas porções de maconha, material para embalagem de drogas, além de dois celulares, dois cordões de ouro e um relógio, todos de origem duvidosa. As quatro pessoas presas na operação foram encaminhadas à Delegacia de Polícia.

A PM continua o rastreamento ao ex-presidiário.

Comentários
×