Prefeitura lamenta assassinato ocorrido nas imediações do Pré Carnaval

Da Redação

A Prefeitura divulgou nota lamentando a morte de Thiago Henrique dos Santos, de 19 anos, que foi assassinado durante o Pré-Carnaval de ontem, 15. O assassinato aconteceu na Avenida JK, paralela à Pitangui, onde ocorria o evento. A discussão começou entre um grupo de foliões, quando um homem, ainda não identificado, sacou uma arma e efetuou os disparos. Thiago Henrique foi atingido no rosto, pescoço, no queixo e no tórax. Ele é da cidade de Oliveiras e segundo a Polícia, desentendimentos pessoais teriam sido o motivo do tiroteio.

Em nota, a Prefeitura lembrou que o tiroteio não tem a ver com falhas no esquema de segurança, uma vez que o ocorrido foi nas imediações da Avenida Pitangui, local dos desfiles.

A Administração Municipal lembrou também o trabalho do corpo de Bombeiros e do Serviço Móvel de Urgência (Samu) que prestaram socorro às vítimas.

A nota divulgada nesta manhã defende o sucesso do evento, que não registrou nenhuma ocorrência de violência dentro do perímetro em que ocorriam os desfiles e shows.

— Ressalta-se também que, até onde se tem a apuração dos fatos, os incidentes estão relacionados ao comportamento, não tendo sido registradas falhas de segurança na organização. E, por se tratar consequentemente de relacionamentos interpessoais, torna-se impossível a onipresença dos agentes de segurança, fato este, infelizmente, aplicado não só à folia, mas ao nosso dia-a-dia, disse a Prefeitura.

Feridos

Além do rapaz que foi morto, outros três homens foram atingidos. Um dos amigos de Thiago está em estado grave na Sala Vermelha do Hospital São João de Deus. Segundo informações, todos os feridos têm entre 19 e 22 anos. A Polícia já iniciou a investigação. 

Thiago e os colegas vieram a Divinópolis justamente por causa do Pré-Carnaval.

Comentários
×