Prato da Casa começa amanhã

 

Jorge Guimarães

Ocorre nesta terça-feira, 3, o lançamento oficial do festival gastronômico Prato da Casa. A previsão dos organizadores é de atingir um público de quase 90 mil pessoas. Jurados apreciarão e votarão no melhor tira-gosto de Divinópolis.

Na próxima quarta-feira, dia 4, quando começa de fato o festival, Roberto da Sopa receberá a maratona do Prato da Casa com o prato “Carne e Cia”, uma iguaria elaborada com carne de lata, farofa tropeira preparada com torresmo moído e crocante, mandioca e molho à base de rapadura.

Com uma estrada de mais de 30 anos de bar, Roberto da Sopa esbanja animação.

— Eu acho que o Prato da Casa é uma festa que anima nosso mercado de bares. Por isso, eu gosto de receber os botequeiros no dia da minha visita com muita festa e alegria. Mando interditar a rua, coloco tendas e aumento para o dobro o número de garçons do meu bar — comenta Roberto, proprietário do bar, ao comunicar que a cantora Josy Brasil promete uma festa de arromba em seu estabelecimento.

Comitiva dos Temperos

Na quinta- feira, 5, o segundo bar a receber a maratona do Prato da Casa será o Restaurante Peixe Dourado. Reconhecido na cidade pelos prêmios conquistados no Prato da Casa, é possível notar em suas paredes uma infinidade de quadros de campeão, melhor atendimento, melhor higiene, melhor garçom e outros.

Peixe Dourado irá apresentar o prato “Comitiva dos Temperos” e, diga-se de passagem, é uma verdadeira comitiva mesmo.

Seu prato oferece peixe grelhado com raspa de rapadura e requeijão, pastel em canudo de carne seca, paçoca de pilão, creme de ervilha e um licor caseiro de café para brindar.

— Pesquisamos na internet e aproveitamos a tradição de nossa família. Meu pai é quem prepara a paçoca de pilão, minha mãe faz o licor de café. Tudo elaborado artesanalmente, como os tropeiros faziam — explica Danilo, orgulhoso do prato elaborado para concorrer ao prêmio 2018 do Prato da Casa.

Tradição

Mais uma vez, a tradição da culinária mineira estará presente.

— Para a primeira semana do Prato da Casa, podemos esperar tradição, sabor, saudosismo aos tempos antigos e muita criatividade — explica o idealizador do festival, Gustavo Bicalho.

Roteiro da gastronomia

No dia 12, o Prato da Casa estará no Show Bar, a única visitação da próxima semana. Depois, a maratona gastronômica e etílica passará pelo Churrasquinho do Raimundo, Bar do Juninho, Dia Útil, Sofrência do Boi, Churrasquinho do Fio e Varandas. No Mercado Municipal, no dia 28, um sábado, serão visitados três bares: o Bistrô Passaporte, o Massa in Casa e o Restaurante do Marcelo. Os dois últimos a participar serão o Pitangas, o Kid Bacon e o Toinzinho & Pepê. A grande final ocorrerá no sábado, dia 4 de agosto, no Parque da Divinaexpo, quando o local vai se transformar no maior boteco do Brasil.

 

Comentários
×