Operações “Covil de Ladrões” e “Delivery” são deflagradas na região Centro-Oeste

Da Redação

Está sendo deflagrada na manhã desta quinta-feira, 6, a fase ostensiva das operações “Covil de Ladrões” e "Delivery”, desenvolvidas pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) de Divinópolis, que é chefiado pelo Ministério Público, com o apoio das policias Militar, Civil e Rodoviária Federal.

As operações, que se iniciaram no mês de setembro de 2018 e foram batizadas “Covil de Ladrões”, por referência à escolha dos infratores de uma mesma região como local de atuação, têm o intuito de neutralizar organização criminosa de roubos de cargas realizados, em sua maioria, na BR-262, bem como a receptação das cargas subtraídas.

Já “Operação Delivery” recebe este nome devido ao fato de ser comumente utilizada pelos infratores a entrega de drogas em domicílio.

Os usuários de drogas ligavam para os entregadores, que realizavam a entrega de entorpecentes em locais pré-definidos, utilizando uma mochila para entrega de lanches, para chamar menos a atenção das pessoas.

No total, foram 24 mandados de prisão preventiva expedidos, 22 mandados de busca apreensão, além do sequestro de veículos, na operação Covil de Ladrões. Já na Delivery foram expedidos 20 mandados de busca e apreensão e sete mandados de prisão preventiva.

Os mandados foram expedidos para as comarcas das cidades de Nova Serrana, Bom Despacho, Pitangui Santo Antônio do Monte, Lagoa da prata e Divinópolis.

Até o momento, foram 26 pessoas detidas, sete pessoas presas em flagrante, R$ 6.117,30 em dinheiro e R$27.000,00 em cheque apreendidos, 450 papelotes de cocaína, uma barra de maconha, uma barra de cocaína de aproximadamente 500g, um rádio HT, um notebook e 23 veículos apreendidos, sendo dois roubados, 25 celulares, centenas de pares de calçados e cinco tokens apreendidos.

Grande quantidade de carga proveniente de furto/roubo foi recuperada, um pé de maconha e oito cartões de crédito apreendidos.

Estão empregados nas operações, 191 policiais, 49 viaturas das polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal.

Comentários
×