Música, teatro e dança movimentam Gravatá

Aniversário de 10 anos teve diversas atrações em três dias

Várias atrações passaram pelo Gravatá nas comemorações dos dez anos do espaço em de Divinópolis. No último fim de semana, por exemplo, o público acompanhou apresentações de vários segmentos artísticos a preços acessíveis. Os ingressos para o evento eram trocados por um litro de leite, que serão entregues ainda nesta semana a entidades assistenciais.

De acordo com a coordenadora de Espaços Culturais e Artísticos, Samira Cunha, mais de 700 espectadores passaram pelos três dias de evento.

— Foram dias memoráveis para o cenário cultural da cidade. As centenas de pessoas que conferiram de perto os espetáculos se divertiram e se emocionaram ao ver os artistas de Divinópolis em casa para comemorar o aniversário do teatro — ressaltou.

Apresentações

Na quinta-feira, primeiro dia, 15 grupos e artistas da música se apresentaram. Sexta-feira, 30, foi a vez de 13 companhias de dança do município encantarem o público e, no sábado, 1º, 11 companhias teatrais se apresentaram e emocionaram o público. Para encerrar as festividades, uma opereta foi a atração do domingo.

Nas apresentações destacaram-se os mestres de cerimônias convidados especialmente para cada evento.

— Foi maravilhoso, ainda estou extasiado com tanta beleza e cultura — afirmou o secretário municipal de Cultura, Osvaldo André.

Aniversário

O Teatro Municipal Usina Gravatá completou dez anos na última quinta-feira. Começou a sair do papel em 1989, ano em que a Prefeitura comprou o espaço para viabilizar o teatro. O prefeito Galileu Machado (PMDB), em seu segundo mandato, iniciou a trajetória para transformar a área em espaço cultural.

— Em 1989, adquiri a propriedade da Camig, antiga usina de álcool motor, para o município. Dos dois galpões existentes, um foi destinado à Escola de Música Maestro Ivan Silva; e o outro, ao teatro municipal — afirmou o prefeito, destacando a reforma para inaugurar a escola de música em 1991.

Comentários
×