Gasolina cai 2,5% em uma semana

Pablo Santos

A gasolina começou 2019 registrando retração no litro. De acordo com os dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o valor, do fim do ano passado para o começo de 2019, caiu 2,5% nos postos de combustíveis de Divinópolis.

Até 29 de dezembro, o litro da gasolina nos postos da cidade estava custando R$ 4,63, de acordo com a ANP. Já nos primeiros dias de 2019, o litro passou para R$ 4,51, em média, ou seja, queda de 2,5%.

No Brasil, a queda também foi registrada. Na semana encerrada em 5 de janeiro, o valor médio da gasolina caiu 0,32%, ou R$ 0,01, para R$ 4,33. O preço é uma média calculada pela ANP com os dados coletados nos postos, e, portanto, o valor pode variar de acordo com a região. Nesta mesma semana, a Petrobras baixou os preços nas refinarias em cerca de R$ 0,05, ou aproximadamente 3,65%. O reajuste faz parte da política de preços da companhia, que busca acompanhar as cotações internacionais. O repasse ou não para o consumidor final depende dos postos.

Queda

A Petrobras reduziu o preço médio da gasolina em suas refinarias ao menor nível desde ontem, em meio a uma redução na cotação do dólar ante o real, um dos parâmetros utilizados pela companhia em sua sistemática de reajustes.

De acordo com a petroleira, o corte será de 1,38% ante o valor praticado nesta terça-feira, de R$ 1,4537 para R$ 1,4337 por litro. Será o patamar mais baixo desde o R$ 1,4259 visto em 24 de outubro de 2017, segundo dados da petroleira.

 O preço da gasolina vem caindo desde meados de dezembro, diante da depreciação da moeda norte-americana. Os reajustes quase diários da Petrobras começaram em meados de 2017. No acumulado de todo esse período, a gasolina da estatal apresenta alta de 3,6%.

Nestes reajustes diários, em outubro do ano passado, a gasolina em Divinópolis atingiu o maior valor: R$ 5,02 o litro, em média, nos postos da cidade. Já em novembro, o litro passou para R$ 4,82 e, em dezembro, encerrou a R$ 4,63. 

Comentários
×