Garotos eliminados

Batendo Bola

José Carlos de Oliveira 

jcqueroviver@hotmail.com.br

 

Os garotos do Sub-17 do Brasil deram adeus ao sonho de título. Depois de eliminar os alemães, nas quartas de final, de virada, o escrete canarinho parou na Inglaterra nas semifinais. Agora, é brigar pelo terceiro lugar no final de semana.

Na manhã desta quarta-feira, a equipe comandada pelo técnico Carlos Amadeu lutou, mas acabou eliminada pela Inglaterra. O time canarinho foi dominado pelos britânicos e perdeu por 3 a 1, com três gols de Brewster.

Cruzeiro no Rio de Janeiro 

As categorias de base do Cruzeiro entram em campo esta noite para mais um jogo decisivo. Depois da conquista do Campeonato Brasileiro pela equipe Sub-20, chegou a vez dos meninos do Sub-17 lutarem por mais um título nacional.

Pela terceira fase da Copa do Brasil Sub-17, o Cruzeiro enfrenta o Flamengo, esta noite, às 19h15, no estádio Luso Brasileiro, no Rio de Janeiro.

Arena do Calçado 

A partida de volta está marcada para a Arena do Calçado, em Nova Serrana, no dia 1º de novembro, quarta-feira da próxima semana, às 16h.

Base da seleção 

A excelente campanha realizada pelo Sada Cruzeiro Futebol Americano rende frutos para o esquadrão azul. Além de conquistar a Copa Minas com 100% de aproveitamento, estará na grande decisão da Conferência Sudeste do Brasil Futebol Americano, o clube estrelado teve nove de seus jogadores convocados para o amistoso entre Brasil e Argentina.

O duelo está marcado para o dia 16 de dezembro, no estádio do Mineirão. Ao todo, 45 atletas foram chamados pelo técnico Gabriel Mendes. Álvaro Fadini (quarterback), Victor Mega e Pedro Medici (wide receivers), Dhiego "Gordo" Taylor (offensive line), Marcus Tuleba (defensive end), Ryan David (linebacker), Igor Mota (linebacker e safety), Andrew Bernardini (safety) e Rapha Cruz (cornerback) serão os representantes do Sada Cruzeiro FA no confronto.

MANGUEIRAS BRASIL

Precisa rejuvenescer

Nada contra os jogadores com mais 30 anos, pois muitos têm futebol e preparo físico para prolongar a carreira por algumas temporadas, mas daí a ter um time formado em sua maioria por atletas “trintões” vai uma grande distância. E este foi o grande pecado do Atlético na presente temporada, e o time está pagando bem caro pelos erros na montagem do elenco.

Deu tudo errado 

Quando montou o elenco no início da temporada, a diretoria atleticana tinha em mente chegar às finais em todas as competições que iria disputar. Deu tudo errado. O time caiu em todos os torneios e está se arrastando neste final de temporada. Que algo de errado houve nesta história, esta é uma verdade que ninguém pode e nem deve ignorar.

No papel 

Quando começou a temporada, no papel, o Atlético tinha um dos elencos mais fortes do Brasil, os jogadores tinham histórico e futebol para levar o Galo bem longe em todos os torneios que iria disputar. Mas a realidade foi bem diferente, e nem mesmo os atleticanos conseguem explicar a queda de rendimento de alguns atletas.

Time velho 

Mas a verdade estava aos olhos de todos, só que ninguém queria admitir. Ao montar o elenco, a diretoria pecou ao apostar em atletas mais velhos, com mais de 80% do time principal sendo de jogadores acima dos 30, e entre eles as maiores esperanças da torcida – Victor, Leonardo Silva, Elias, Fábio Santos, Robinho e Fred. E deu no que deu.

 Corpo sentiu 

Fosse apenas um ou dois mais veteranos, a cobrança não seria tão grande agora, mas com a base do time ficando acima dos 30, ficou difícil. As pernas já não acompanham o que pensa a cabeça, e a queda de rendimento é algo mais que natural e até esperado por muitos. Para uma, duas partidas, até que dava para escalar os “trintões”, mas numa temporada tão desgastante como é a brasileira, não dá. Simples assim!

Comentários