Estado permanece na onda verde

Governo divulgou ontem nova classificação das macrorregiões

Da Redação

A macrorregião Oeste, da qual Divinópolis faz parte, permanece na onda verde do Minas Consciente assim como as outras 13 demais. Os dados foram atualizados ontem pelo governo estadual. Segundo a apresentação, “os cenários epidemiológico e assistencial permanecem favoráveis em todas as macrorregiões”. 

Nas últimas quatro semanas, com o avanço da vacinação, as solicitações para internações caíram 36%. Até o momento, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) calcula que mais de 86% dos mineiros já receberam ao menos uma dose da vacina contra covid-19; 42% já completaram seu esquema vacinal.

— A taxa de incidência da doença caiu 5% nos últimos 14 dias — informou.

Coletiva

Em coletiva, o secretário estadual de Saúde, o médico Fábio Baccheretti, destacou a melhora e os próximos passos.

— Todo o estado segue na fase mais flexível. O cenário está mais positivo, puxado pelo avanço da vacinação. Estamos próximos de imunizar 100% dos adultos. Ainda nesta semana, também temos a proposta de iniciar a distribuição da Pfizer para reforço nos idosos e vacinação dos adolescentes com comorbidade — destacou.

Remanejamento de doses

O chefe da pasta também voltou a reforçar que os municípios que concluíram a vacinação da população com idade igual ou superior a 18 anos de idade poderão iniciar a imunização dos adolescentes de 12 a 17 anos e aplicação de reforço em idosos. A medida vale somente para locais com disponibilidade de reserva técnica da Pfizer. No entanto, em conformidade com o Ministério da Saúde, a Prefeitura de Divinópolis interrompeu a imunização de adolescentes sem comorbidades e reabriu o cadastro para maiores de 18 anos.

— No caso das cidades que têm sobras de CoronaVac e também finalizaram a campanha junto ao público-alvo, a orientação é disponibilizá-las para que a Unidade Regional de Saúde redistribua para outros municípios que ainda não concluíram a vacinação da população com idade igual ou superior a 18 anos — informou.

Comentários
×