Envelhescência

Leila Rodrigues

 

Se você já passou dos 45 ou está próximo disso, este texto é para você. Se ainda não passou, fique atento porque um dia você vai chegar lá.

A esta altura você já teve uma trajetória profissional. Já construiu seu legado e já constituiu sua família. Provavelmente você já viveu seus relacionamentos afetivos, já fez suas escolhas e viveu suas consequências. Para alguns, os filhos já se foram e agora experimentam a chegada dos netos. Ainda tem aqueles que decidiram ser pais mais tarde e estão enfrentando a adolescência dos filhos.

Alguns já se aposentaram ou estão próximos disso. Esses estão convivendo com o vazio dos dias. Para a grande maioria, os pais já se tornaram filhos e necessitam de cuidados. É! Com toda certeza você já enfrentou um leão na jaula. Faz parte.

Mas o que nos incomoda nesta fase da vida é que surgem alguns questionamentos sem respostas. Você começa a se perguntar: e aí? A felicidade é isso? Eu construí, construí para chegar até aqui e parar de repente? E aquele meu sonho que eu passei a vida inteira esperando para realizar, vai morrer na praia?

Se o brasileiro tem uma expectativa de viver até os 90 anos, então ainda nos restam muitos anos. O que é que nós vamos fazer com esses anos todos? Vamos parar? Então esse é o começo do fim? Esse é o marco zero da velhice?

Que velhice que nada. Bem-vindo à envelhescência. A adolescência reversa entre a maturidade e a velhice. Afinal de contas, ninguém fica velho da noite para o dia.

O envelhescente é essa pessoa que tem uma bagagem incrível. Tem a cabeça cheia de projetos e a mente abarrotada de sonhos para serem vividos. Ele quer qualidade de vida. Quer participar ativamente da sociedade em que vive. Quer competir no mercado de trabalho e, de quebra, se divertir. Fazer o que gosta. Viver a plenitude dos seus dias.

Você ainda vai ouvir falar muito nele. Ele sabe o que quer e tem a sua opinião formada sobre tudo. Ele está muito mais interessado em se divertir do que na última coleção. Ele prefere os seus poucos e bons amigos do que a multidão. Ele sabe alguma coisa que só a maturidade ensinou. Ele veio para ficar e vai mudar para sempre o conceito de velhice.

leilarodrigues-palavras.blogspot.com.br

Comentários
×