Energia terá a bandeira mais cara em junho

Da Redação

A bandeira tarifária para o mês de junho será vermelha (patamar 2), com custo de R$ 5 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos, comunicou em nota a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). É o nível mais alto de cobrança na conta.

Com o fim do período úmido, os reservatórios do Sul apresentaram redução de volume, o que provocou o aumento do risco hidrológico (GSF) e o preço da energia no mercado de curto prazo (PLD).

Além disso, a previsão de chuvas é baixa quando comparada à média histórica. O GSF e o PLD são as duas variáveis que determinam a cor da bandeira a ser acionada.

 

Saiba como economizar energia

 

Chuveiro elétrico

* Tomar banhos mais curtos, de até cinco minutos;

* Selecionar a temperatura morna no verão;

* Verificar as potências no seu chuveiro e calcular o seu consumo.

Geladeira

* Só deixar a porta da geladeira aberta o tempo que for necessário;

* Regular a temperatura interna de acordo com o manual de instruções;

 * Nunca colocar alimentos quentes dentro da geladeira;

* Deixar espaço para ventilação na parte de trás da geladeira e não utilizá-la para secar panos;

* Não forrar as prateleiras;

* Verificar as borrachas de vedação regularmente.

Ferro de passar

* Juntar roupas para passar de uma só vez;

* Separar as roupas por tipo e começar por aquelas que exigem menor temperatura;

* Nunca deixe o ferro ligado enquanto faz outra coisa.

Aparelhos em stand-by

* Retirar os aparelhos da tomada quando possível ou durante longas ausências.

Comentários
×