Dia das Mães movimenta o comércio

 

Jorge Guimarães

No próximo domingo é comemorado o Dia das Mães. Data de reunir a família em um almoço de cardápio variado, de lembrar as que não estão mais neste plano. E quem comemora também são os varejistas, que a consideram a celebração a principal data comemorativa do primeiro semestre, e a segunda melhor do ano, em termos de faturamento, perdendo apenas para o Natal.

Embora a economia esteja ainda se recuperando em passos lentos e o desemprego esteja alto, a expectativa entre os empresários é boa para o comércio nos próximos dias.

Presentes

Calçados, roupas, perfumaria e acessórios, como sempre, devem ser os campeões de venda neste ano. E como todos os anos, o comércio aguarda um aumento das vendas a partir de hoje, com um ápice no sábado pela manhã, pois, como todo mundo já sabe, o brasileiro deixa tudo para última hora. E, no embalo das datas comemorativas, alguns empresários já estão com suas estratégias de vendas alinhadas a ótimas promoções, como é o caso de uma loja aberta recentemente no Centro da cidade, e que já se tornou sinônimo de moda feminina.

— Estamos em promoção com blusas e vestidos a partir de R$ 19,90, e jeans a partir de R$ 59,90. Temos também muita procura pelos vestidos canelados, jaquetas, max blazer. Já a calça prada é a sensação entre as mulheres e muito procurada aqui na loja, onde dispomos de vários modelos e cores. E, falando em opções, as melhores marcas femininas de vestidos, calças, bolsas, sapatos e acessórios estão aqui — definiu a atendente Vitória Gontijo.      

Horário

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Divinópolis definiu, em conjunto com Sindicato do Comércio Varejista de Divinópolis (Sincomércio), o horário especial de funcionamento do comércio neste fim de semana. Assim, amanhã e sexta, as lojas poderão ficar abertas até as 20h. Já no sábado, o horário de funcionamento será das 9h às 18h, e, no domingo, Dia das Mães, os estabelecimentos ficam fechados. 

Brasil

O Dia das Mães deve aquecer as vendas pelos próximos dias. Levantamento feito em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revela que 78% dos consumidores devem realizar pelo menos uma compra no período, dado que fica bastante próximo dos 74% observados em 2018. Em números absolutos, a expectativa é de que aproximadamente 122,1 milhões de brasileiros presenteiem alguém neste ano, o que deve movimentar uma cifra próxima de R$ 24,3 bilhões nos segmentos do comércio e serviços.

 

Comentários
×