Chegou fevereiro

O país inteiro espera por este mês, pois ele vem cheio de alegria momesca, músicas inteligentes, sátiras e muita brincadeira. Na Bahia, onde parece que se diverte mais, os grandes blocos já estão com tudo preparado, ingressos vendidos, enfim, não tempo ruim. Para lá, seguirão mais de 500 mil turistas, pois Salvador ficará lotada e suas várias praias próximas, com grandes, belos e “arejados” resorts, já estão com lotação esgotada ou em vias de.

 E o Carnaval...

 ...começa já neste final de semana, e permanece acontecendo até mais de uma semana depois, com blocos de vários estilos diferentes e artistas que fazem questão de estar presentes, sem problema de horário. Na Quarta-Feira de Cinzas, os blocos que fecham o Carnaval oficial serão seguidos por milhares de foliões e daí para frente “só-sabe-Deus”. Subindo um pouquinho, vem o Carnaval do frevo em Recife e Olinda, com os seus bonecos gigantes. Sem contar o Galo da madrugada, que, neste ano, inovou colocando réplicas do “galão” em vários pontos da cidade. Ainda bem que, para o resto do país, o Carnaval termina no dia 13, pois a economia tem de andar e, quando o Carnaval acontece mais cedo como agora, tudo fica mais fácil.

 Já em Divinópolis... 

...os blocos “Haja amor” e “Do Cleo” prometem, para o próximo fim de semana, muita alegria e movimentação. Acontecerá, pela primeira vez nos últimos 20 anos, uma espécie de disputa para ver quem se apresentar melhor. Isto é muito bom para Divinópolis, pois outras pessoas de outros bairros terão como iniciar atividades para formar blocos para o ano que vem. Seria interessante que a Prefeitura entrasse nessa para valer, ajudando de qualquer forma, para que alguns bairros reunidos, de vários pontos da cidade, montassem seus blocos, por lá se mostrassem e, depois, viessem para o Centro para um desfile monumental. É provável que o pessoal, altamente competente, já tenha pensado nisso e, assim, ao invés de Carnaval apenas no Centro, teríamos o momo em toda a cidade.

No Rio, 33 blocos...

...estão ameaçados de não ir às ruas, por falta de licenças contra incêndio e plano para pânico. Não se sabe se em Divinópolis a Prefeitura e os Bombeiros, além da PM, pensaram nisso, mas não dá tempo mais, pois tudo já está organizado e o melhor seria as autoridades pensarem com muito carinho e responsabilidade nestes dois itens. No Rio, como em BH, os blocos desfilam pela cidade inteira, como esta coluna está sugerindo. O município se movimenta, o comércio fica mais alegre e agradece com certeza.

 Surpresa, Temer... 

...já está em situação confortável nas pesquisas, pois caiu de 93% de rejeição quando da sua posse, para 60% nesta semana, segundo dados do Datafolha, instituto de pesquisas da Folha de São Paulo.

 Como não é novidade... 

...Temer pretende se candidatar no ano que vem, desde que esta rejeição chegue a índices normais, daí a pressa com as reformas previdenciária e política, além de manter a inflação em níveis espetaculares. Por outro lado, a Justiça tem colaborado com o atual presidente, ao condenar, prender ou incriminar os diversos meliantes, não somente da Lava Jato, como também de outras operações em curso em vários estados do país. Já não se fala mais em corrupção no governo, o povo já se esqueceu dos irmãos JBS e de algumas delações que envolvem Temer. Só não se esqueceu de Lula, que continua sendo massacrado em todas as redes sociais e, a cada recurso que perde (como aconteceu na terça-feira no Superior Tribunal de Justiça), a comemoração só aumenta.

Comentários
×