Após rejeição de denúncia na Câmara, Prefeitura fala em 'provas forjadas'

Da Redação

A Prefeitura de Divinópolis se manifestou na tarde desta terça-feira, 5, sobre a rejeição, pelos vereadores, da denúncia por infração político-administrativa contra o prefeito Galileu Machado (MDB) proposta pela Associação dos Advogados do Centro-Oeste (AACO).

Em nota, a Prefeitura afirmou que a acusação se baseia em “provas ilegítimas, forjadas”.

Veja a nota na íntegra:

“Diz a Constituição da República: todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos. Se este é o mandamento constitucional, se esta é a viga-mestra da democracia, fica claro e evidente que não se pode aceitar que a vontade do povo, colhida com obediência ao processo eleitoral, seja colocada em perigo por iniciativas acusatórias baseadas em provas ilegítimas, forjadas.

É interesse do Município de Divinópolis que as decisões políticas tomadas por seu povo sejam respeitadas, sejam valorizadas e preservadas de ataques.

Uma sociedade só se desenvolve de maneira sólida e permanente quando existe o respeito às regras do processo democrático. Um mandato eletivo é o que há de mais sério e sagrado numa democracia, pois representa o exercício de um direito indisponível e intransferível por parte de um cidadão.

A Prefeitura de Divinópolis respeita a posição dos nobres vereadores eleitos pelos divinopolitanos.”

Comentários
×