'Estamos otimistas com o acordo com a Vale', diz Zema sobre o Hospital Regional

Como esperado, Zema abordou dificuldade financeira de MG

Paulo Vitor Souza 

Em sua primeira visita a Divinópolis, o governador de Minas, Romeu Zema, ouviu bastante questionamentos sobre a finalização do Hospital Regional. Quem esperava uma data para recomeço dos trabalhos ouviu de Zema que a finalização do Hospital depende inteiramente do acordo com a mineradora Vale.

- O Estado de Minas virou um cemitério de obras, e o pior, um Estado falido, sem qualquer condição de terminar qualquer uma delas. Nnão temos hoje recursos sequer para tapar buracos. Com relação à saúde a situação não difere muito. Nós estamos extremamente otimistas em relação ao acordo com a Vale. O Estado está tendo todo apoio do Ministério Público Estadual e Federal e esse acordo vai propiciar o término do Hospital de Divinópolis, como também de outros hospitais regionais - disse.

Zema foi questionado sobre a desmobilização do hospital de campanha em Divinópolis e sobre uma possível segunda onda da covid no estado.

- Minas Gerais, apesar de ser o estado mais falido do Brasil, é aquele que tem a menor taxa de óbitos pela covid-19. Se o Brasil tivesse a mesma taxa que nós temos, 70 mil vidas seriam poupadas, o que demonstra que não são só recursos que trazem benefícios, mas uma boa gestão. Mesmo além da pandemia, este ano bateremos recorde nos baixos níveis de criminalidade no Estado, mesmo em uma pandemia. - explicou.

O governador se reuniu com empresários, políticos e convidados na manhã desta sexta-feira, na Fiemg. O intuito do encontro foi demonstrar ao chefe do executivo estadual as demandas da cidade e da Região Centro-Oeste.

Estiveram presentes o deputado federal Domingos Sávio (PSDB), o deputado estadual Cleitinho (CDN), o recém eleiton Gleidson Azevedo (PSC) e sua vice Janete Aparecida.

O deputado Cleitinho pediu novos investimentos do governador para a cidade e se colocou à disposição para auxílio na condução dos projetos. Segundo Cleitinho, a gestão do estado precisa olhar para o presente e não lamentar os erros da gestão de Fernando Pimentel. O deputado afirmou que o objetivo principal agora deve ser a conclusão das obras do Hospital Regional. 

 

Comentários
×